O GIPHY NAS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS COM O MEME NO CAMPO JORNALÍSTICO-MIDIÁTICO

Autores

Palavras-chave:

Produção textual; Tecnologias Digitais; Meme; Sequência Didática.

Resumo

: Este artigo apresenta o discorrer de uma prática experienciada com as tecnologias digitais no Programa Residência Pedagógica, utilizando o aplicativo Giphy. O objetivo é analisar as possibilidades de aprendizagem por meio desse aplicativo na produção do gênero textual meme, no viés do campo de atuação Jornalístico-Midiático e no desenvolvimento da competência 7 da BNCC. Trata-se de uma proposta pedagógica experimental, que analisa a prática com uma sequência didática – SD de modelo genebrino e a construção de sentidos em produções discentes elaboradas a partir da temática Consciência Negra. Por meio deste estudo, foi possível verificar que o Giphy é uma ferramenta propícia para a produção de memes, e atrelada à SD, pôde favorecer tanto a inserção dos aprendizes em práticas de linguagem com a cultura digital, quanto a criticidade diante da problemática social do racismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daiane de Souza Santos, Universidade de Pernambuco

Jornalista em Multimeios pela Universidade do Estado da Bahia e Licencianda em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e Língua Espanhola pela Universidade de Pernambuco. Bolsista CAPES no Programa Residência Pedagógica de Língua Portuguesa (UPE)

Leomara Coelho Damasceno, Universidade de Pernambuco

Graduada em Pedagogia pela Unicesumar e Licencianda em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e Língua Espanhola pela Universidade de Pernambuco. Bolsista CAPES no Programa Residência Pedagógica de Língua Portuguesa (UPE)

Marisandra do Nascimento Brito, Secretaria Estadual de Educação de Pernambuco

Mestra em Estudos da Tradução e Ensino de Línguas, Preceptora do Programa de Residência Pedagógica - Núcleo de Letras (UPE), Professora de Língua Portuguesa do Ensino Médio na Rede Estadual de Educação de  Pernambuco.

Geam Karlo-Gomes, Universidade de Pernambuco

Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade (UEPB).Professor do Programa de Pós-Graduação em Culturas Africanas, da Diáspora e dos Povos Indígenas - PROCADI, da UPE e do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Territórios Semiáridos – PPGESA. Líder do ITESI - Grupo de Pesquisa Itinerários Interdisciplinares em Estudos Sobre o Imaginário, Linguagens e Culturas. Membro do GT da ANPOLL: Imaginário, representações literárias e deslocamentos culturais.

Downloads

Publicado

2022-12-13

Edição

Seção

Artigos de fluxo contínuo