GÊNERO E SUBJETIVIDADE EM DISPUTA: SUJEITOS INFANTIS, MÍDIAS DIGITAIS E CONTEMPORANEIDADE

Autores

Palavras-chave:

Mídia digital; Gênero; Subjetividade; Infância.

Resumo

O texto objetiva analisar a relação entre subjetividade e gênero, assim como o papel das mídias digitais na vida das crianças e construção de sua identidade. De natureza bibliográfica, a reflexão se ancora nos pressupostos dos estudos culturais e da teoria crítica que nos auxiliam a pensar as relações de poder que permeiam a constituição as nossas subjetividades, bem como a concepção de gênero. Articula tais questões ao impacto da mídia digital na vida das crianças, especialmente no estímulo ao consumo. Conclui que a subjetividade e as identidades infantis são demarcadas por estereótipos de gênero reforçados pelos conteúdos difundidos pelas mídias, condição que explicita um consentimento e aceitação de modelos que conformam e (de)formam os sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aliandra Cristina Mesomo Lira, Universidade Estadual do Centro Oeste

Pós-doutorado em Educação na Universidade Estadual de Maringá (UEM). Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Professora Associada do Departamento de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Centro-Oeste/UNICENTRO, Guarapuava/PR.

Downloads

Publicado

2022-12-13

Edição

Seção

Artigos de fluxo contínuo