A MORTE EM TRÊS TEMPOS: O INSTANTE IRREMEDIÁVEL DE DOM QUIXOTE, MADAME BOVARY E BRÁS CUBAS

Autores

  • Marcos Aparecido Pereira IFMT
  • Epaminondas de Matos Magalhães

Resumo

Este trabalho pretendeu analisar o instante de morte de Dom Quixote, Madame Bovary e Brás Cubas. A partir dos momentos finais desses três famosos personagens da literatura mundial é possível refletir sobre suas vidas, mas, principalmente, sobre relações humanas, sociais e afetivas representadas na literatura. Desse modo, aquilo que o personagem vê, ouve e sente, bem como quem está com ele em seu momento final, oferece-nos material para que possamos compreender essa experiência única que é a morte. No pequeno intervalo de tempo que antecede a representação do fim, somos capazes de compreender a loucura, a culpa e as fraquezas morais dos personagens e com elas, também, as nossas, afinal, é na cumplicidade do diálogo com eles que damos passos incertos na busca de sentido de nossa própria existência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-06-28

Edição

Seção

Artigos de fluxo contínuo