Cantar... e cantar... e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz: a prevenção dos distúrbios da comunicação na educação infantil

Pierangela Nota Simões, Lydio Roberto Silva

Resumo


Este artigo pretende evocar a possibilidade de prevenção dos distúrbios da comunicação, de causa idiopática, por meio da utilização de brincadeiras com o som e a música. O espaço da educação infantil constitui-se num ambiente favorável para a realização desse tipo de atividade, onde podem ser desenvolvidas ações que favoreçam o desenvolvimento da linguagem e do potencial lingüístico das crianças. Neste contexto, a música aparece como linguagem e meio expressivo, isto é, como um acontecimento que envolve a criança por inteiro, com características lúdicas e como uma atividade capaz de promover o desenvolvimento global da criança e, em especial, contribuindo para a prevenção dos distúrbios da comunicação na educação infantil. Palavras-chave: Música; Linguagem; Educação infantil

Texto completo:

Visualizar PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Governo do Estado do Paraná
Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
InCantare: R. Pesq. Musicoterapia, Curitiba, Faculdade de Artes do Paraná, ISSN 2317-417X