Violino no choro: possibilidades interpretativas a partir de composições de J. E. Gramani

Visualizações: 27

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33871/vortex.2024.12.8415

Palavras-chave:

Violino, Música Popular Brasileira, Choro, Gramani

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão sobre a prática do violino na música popular brasileira com ênfase no gênero choro a partir de um conjunto de composições de José Eduardo Gramani (1944-1998). Inicialmente são apresentados recursos do instrumento com ênfase no aspecto rítmico para sua inserção na linguagem do choro. Em seguida, será feito um levantamento dessas composições e arranjos de música popular brasileira para violino, rabecas e outros instrumentos. Finalmente, três exemplos dessas composições serão analisados através da teoria das tópicas na música brasileira proposta por Piedade (2013; 2017) e dos recursos técnicos mencionados. Para ilustrar esses trechos analisados, foram feitas gravações em vídeo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Momm de Melo, Universidade do Estado de Santa Catarina

Carolina Momm de Melo é mestra em música (2023) e bacharel em violino (2020) pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Durante o mestrado integrou o grupo MusiCS - Música, Cultura e Sociedade do PPGMUS UDESC. Defendeu a dissertação “Violino no choro: possibilidades interpretativas na música popular brasileira a partir de composições de José Eduardo Gramani” em 2023. Durante a graduação integrou o Quarteto de Cordas e a Orquestra Acadêmica como bolsista da instituição. No segundo semestre de 2019, foi contemplada pela UDESC com a Bolsa Prome de Mobilidade Estudantil e estudou na Universidade do Minho (Portugal).

Dr. Luiz Henrique Fiaminghi, Universidade do Estado de Santa Catarina

Luiz Fiaminghi é doutor em música e graduado em composição pela UNICAMP. Professor associado no curso de Música da UDESC - Universidade Estadual de Santa Catarina. Atua nas áreas de ensino (Percepção Musical), práticas interpretativas e pesquisa. Participa do grupo MusiCS (Música Cultura e Sociedade). É credenciado ao PPGMUS/UDESC na linha de pesquisa Processos Criativos. Como bolsista do CNPq, especializou-se em interpretação de música barroca e violino barroco na Holanda (Conservatórios de Utrecht e Rotterdam). Possui especialização “Latu Senso” em Cultura e Arte Barroca pelo Instituto de Filosofia Artes e Cultura da UFOP. Desenvolve pesquisa sobre rítmica, rabecas brasileiras/instrumentos históricos e performance no contexto da pós-modernidade e da retórica musical. Defendeu a tese “Violino violado: rabeca, hibridismo e desvio do método nas práticas interpretativas contemporâneas - tradição e inovação em José Eduardo Gramani” em 2008.

Referências

ALCOFRA, Luiz Flavio. Notações descritivas e prescritivas em música popular: um estudo exploratório de sambabooks e songbooks. Anais do VI SIMPOM. Rio de Janeiro n. 6, p. 730-739, 2020.

BASTOS, Marina Beraldo. Tópicas na música popular brasileira: uma análise semiótica do choro e da música instrumental. 2008. Florianópolis, Monografia (Licenciatura em música). Universidade do Estado de Santa Catarina, 2008.

CANÇADO, Tânia Mara Lopes. O “fator atrasado” na música brasileira. Per Musi, Belo Horizonte, v.2, p. 5-14, 2000.

CAZES, Henrique. Choro: do quintal ao municipal. 5ª ed. São Paulo: Editora 34, 2021.

CUGNY, Laurent. Analyser le Jazz. Paris: Outre Mesure, 2009.

FIAMINGHI, Luiz Henrique. O violino violado: rabeca, hibridismo e desvio do método nas práticas interpretativas contemporâneas – Tradição e inovação em José Eduardo Gramani. Campinas, 2008. Tese (Doutorado em Música). Universidade Estadual de Campinas, 2008.

FIAMINGHI, Luiz Henrique. Fricção de musicalidades: rítimica aditiva e divisiva nos instrumentos de arco. Um olhar hermenêutico nos toques de rabeca e dos violinos. In: PIEDADE, HOLLER et al. Musics Musicologia histórica, Composição e Performance. Curitiba: CRV, 2021. pp 95-131

FILLAT, Mathilde Tania. O violino na música popular brasileira: recursos técnico

interpretativos em Ricardo Herz e Nicolas Krassik. São Paulo, 2018. 175 p. Dissertação

(Mestrado em Música). Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São

Paulo, 2018.

GRAEFF, Nina. Fundamentos rítmicos africanos para a pesquisa da música afro-brasileira: o

exemplo do Samba de Roda. Revista da ABET, Música e Cultura 9, pp 66-87, 2014.

GRAMANI, José Eduardo. Rítmica. 4 ed. São Paulo, Perspectiva, [1988] 2010.

GRAMANI, José Eduardo. Rítmica viva: a consciência musical do ritmo. 2 ed. Campinas,

Editora da Unicamp, [1996] 2008.

GRAMANI, José Eduardo. - Rabeca, o som inesperado. Daniella Gramani (org.), Curitiba,

Editora independente, 2002.

HARNONCOURT, Nikolaus. O Diálogo Musical: Monteverdi, Bach e Mozart. Rio de

Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1993.

ISIDORO, Eliézer; ROHR, Raquel; BORÉM, Fausto. A técnica de arco na música popular

brasileira: análise de sua aplicação nas gravações de Fafá em Hollywood, por Nicolas Krassik

e Samba de Uma Nota Só, por Jaques Morelenbaum. XXIV Congresso da Associação Nacional

de Pesquisa e Pós-Graduação em Música. São Paulo, 2014.

MOREIRA e NÁVIA. Período, sentença ou híbridos? Aplicações da teoria das funções formais no estudo da forma do choro. Revista da Associação Brasileira de Teoria e Análise Musical Journal of the Brazilian Society for Music Theory and Analysis TEMA 2019, pp. 159-181, 2019.

NKETIA, J. H. Kwabena. The Interrelations of African Music and Dance.”Studia Musicologica Academiae Scientiarum Hungaricae, vol. 7, no. 1/4, 1965, p. 91–101.

PIEDADE, Acácio. A teoria das tópicas e a musicalidade brasileira: reflexões sobre a retoricidade na música. Buenos Aires: El Oído Pensante, v.1, p.1-23, 2013.

PIEDADE, Acácio T. C. Uma análise do prelúdio da Bachianas Brasileiras no 2 sob a perspectiva das tópicas, da retoricidade e da narratividade. In Paulo de Tarso Salles e Norton Dudeque (orgs.) Villa-Lobos, um Compêndio : Novos Desafios Interpretativos. Curitiba : Editora da UFPR, 2017, p. 273-289.

RATNER, Leonard G. Classic music: Expression, form, and style. New York: Schirmer Books, 1980.

REZENDE, Gabriel Sampaio Souza Lima. A história (des)contínua. Jacob do Bandolim e a tradição do choro. São Paulo: Alameda, 2020.

SANDRONI, Carlos. Feitiço Decente: transformações do samba no Rio de Janeiro (19171933). 2ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, [2001] 2012.

SEEGER, Charles. “Prescriptive and Descriptive Music-Writing”. The Musical Quarterly, ano 44, n.2, p. 184-195, abr. 1958.

SÈVE, Mário. Vocabulário do Choro estudos e composições. 1ª ed. Rio de Janeiro: Lumiar, 1999.

SÈVE, Mário. Fraseado do Choro: uma análise de estilo por padrões de recorrência. 2015. Dissertação (Mestrado em Música) - Centro de Letras e Artes da UNIRIO. Rio de Janeiro, 2015.

SEVERIANO, Jairo. Uma História da Música Popular Brasileira: das origens à modernidade. 3ª ed. São Paulo: Editora 34, 2013.

SILVA, Esdras Rodrigues. Fafá Lemos e o violino na música popular brasileira. In: CONGRESSO DA IASPM-AL, VI, 2005, Buenos Aires. Actas del VI Congresso de la IASPMAL, Buenos Aires, 2005.

Jornais

COMPANHIA. Gazeta de notícias. Rio de Janeiro, n. 91, p.02, 16 de abril de 1880.

JORNAL DO COMMERCIO. Rio de Janeiro, n.218, p.02, 06 de agosto de 1872.

Vídeos

DOURADO, Wanessa. Violino Toca Choro. Disponível em: <https://www.instagram.com/violinotoca_choro/>. Acesso em: 19 out. 2023.

MELO, Carolina Momm de. Juba – Gramani/ c. 1-16. Disponível em: <https://vimeo.com/875795631?share=copy>. Acesso em: 19 out. 2023.

MELO, Carolina Momm de. Viva Raimundo – Gramani / c. 1-16. Disponível em: <https://vimeo.com/875793083?share=copy>. Acesso em: 19 out. 2023.

MELO, Carolina Momm de. Viva Raimundo – Gramani / c. 21-36. Disponível em: <https://vimeo.com/875791162?share=copy>. Acesso em: 19 out. 2023.

MELO, Carolina Momm de. Viva Raimundo – Gramani / c. 29-34. Disponível em: <https://vimeo.com/875790242?share=copy>. Acesso em: 19 out. 2023.

MELO, Carolina Momm de. Choro de 78 – Gramani / c. 1-8. Disponível em: <https://vimeo.com/875786594?share=copy>. Acesso em: 19 out. 2023.

MELO, Carolina Momm de. Choro de 78 – Gramani / c. 17-20. Disponível em: <https://vimeo.com/875784370?share=copy>. Acesso em: 19 out. 2023.

Downloads

Publicado

25.06.2024

Como Citar

Momm de Melo, C., & Fiaminghi, L. H. (2024). Violino no choro: possibilidades interpretativas a partir de composições de J. E. Gramani. Revista Vórtex, 12, 1–38. https://doi.org/10.33871/vortex.2024.12.8415

Edição

Seção

Artigos