Cathy Berberian, Grock e as ideias de polifonia de ações, fragmentação textual, solfejo afetivo e humor em Sequenza III, para voz feminina, de Luciano Berio

Autores

  • Gustavo Penha Universidade Federal de Mato Grosso do Sul | Universidade de São Paulo
  • Silvio Ferraz Universidade de São Paulo

Resumo

Este artigo investiga alguns aspectos do contexto artí­stico-histórico em que Luciano Berio compôs Sequenza III, para voz feminina. São abordados: a concepção de Berio da técnica e do virtuosismo instrumental e como pensou em trabalhá-los nas Sequenzas; o fator da teatralidade de algumas das Sequenzas; a importância do clown Grock para Berio, bem como uma breve biografia desse clown; a relação de parceria e colaboração entre Berio e Cathy Berberian; a prática clownesca doméstica e performativa de Berberian; a polifonia simulada nas Sequenzas; a fragmentação do texto literário de Marcus Kutter por Berio; a elaboração de um solfejo afetivo na escrita da partitura; a importância do riso e a construção de uma polifonia de ações em Sequenza III. Busca-se aplicar o método da dramatização proposto por Gilles Deleuze, pelo qual compreende-se que as ideias são expressadas em dinamismos espaços-temporais dramáticos produtores de individuações (DELEUZE, 2006[1967]: 129-154).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Penha, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul | Universidade de São Paulo

Compositor, Gustavo Penha é bacharel pela Faculdade Santa Marcelina (FASM), onde estudou com Sergio Kafejian e Paulo Zuben. Realizou mestrado e doutorado em Música na UNICAMP, sob orientação de Silvio Ferraz e com bolsa da FAPESP. Durante seu doutorado participou de um estágio de pesquisa na Universidade Paris 8, estudando com José Manuel Lopez Lopez, Anne Sèdes e Alain Bonardi. Em 2016-2017 realizou pós-doutorado na ECA/USP, com bolsa do CNPq.Atualmente é professor da UFMS. E-mail: penha.gustavo@gmail.com

Silvio Ferraz, Universidade de São Paulo

Compositor, Silvio Ferraz é professor de composição na USP. Doutor em semiótica pela PUC-SP (1997), pesquisador da FAPESP e do CNPq. Foi diretor do Festival Internacional de Inverno de Campo do Jordão e da Escola de Música de São Paulo (EMESP) em 2009 e 2010. Desde seu doutorado tem se especializado na pesquisa musical a partir do pensamento de Gilles Deleuze. Autor de "Música e repetição: a diferença na composição contemporânea" (EDUC) e Livro das sonoridades (7Letras). E-mail: silvioferrazmello@gmail.com

Referências

BERBERIAN, Cathy. [1966] "The New Vocality in Contemporary Music", In: KARANTONIS, Pamela; PLACANICA, Francesca; et AL (Org.). Cathy Berberian: Pioneer of Contemporary Vocality, trad. ing. Francesca Placanica. Farnham: Ashgate, 2014. pp. 47-49.

BERIO, Luciano. [1981] Entrevista sobre a música contemporânea (Realizada por Rossana Dalmonte). Tr. br. ílvaro Lorencini e Letizia Zini Nunes. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1996.

__________. Berio Sequenzas. Hamburgo: Deutsche Grammophon, 1998. Encarte de CD.

__________. Scritti sulla musica. Org. Angela Ida De Benedictis. Turim: Giulio Einaudi, 2013

__________. Remembering the future. Cambridge: Harvard University Press, 2006.

BONAFÉ, Valéria Muelas. Estratégias composicionais de Luciano Berio a partir de uma análise da Sonata per pianoforte (2001). Dissertação (Mestrado), Departamento de Música, Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

BRÜGGEN, Frans. "Berio"™s "Gesti"", In: Recorder and Music Magazine, Londres: Schott, 2, nº. 3, p. 66, novembro/1966.

DELEUZE, Gilles. [1967] "O método da dramatização." In: A ilha deserta e outros textos: textos e entrevistas (1953-1974), Org. e tr. br. do texto Luiz B. L. Orlandi. São Paulo: Iluminuras, 2006, pp. 129-154.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix [1980]. Mil Platôs - capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 2, tr. Br. Ana Lúcia de Oliveira e Lúcia Cláudia Leão. São Paulo: Ed. 34, 1995.

__________. [1980]. Mil Platôs - capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 3, tr. br. Ana Lúcia de Oliveira e Lúcia Cláudia Leão. São Paulo: Ed. 34, 1996.

DELEUZE, Gilles; PARNET, Claire. [1977] Diálogos, tr. br. Eloisa Araújo Ribeiro. São Paulo: Escuta 1998.

FELLINI, Federico. [1970] Fellini por Fellini, tr. br. José Antonio Pinheiro Machado, Paulo Hecker Filho e Zilá Bernd. Porto Alegre: L&PM Ed., 1986.

FERRAZ, Silvio. "Diferença e repetição: a polifonia simulada na Sequenza VII para oboé de Luciano Berio." In: Cadernos de Estudo: Análise Musical. São Paulo: Atravez, vol. 3, pp. 68-79, 1990. (Disponí­vel em <https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/2981065/mod_resource/content/1/ligeti.pdf>. Acesso em 25/09/2017.

___________. "La formule de la ritournelle". In: CRITON, Pascale; CHOUVEL, Jean-Marc. (Org.) Gilles Deleuze: la pensée-musique. Paris: CDMC, 2015, pp. 141-151.

___________. música e repetição: a diferença na composição contemporânea. São Paulo: EDUC, 1998.

___________. notas do caderno amarelo: a paixão do rascunho. Tese (Livre-docência), Intistuto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007. Disponí­vel em <http://sferraz.mus.br/principal_ing.htm>. Acesso em 25/09/2017.

FERRAZ, Silvio; TEIXEIRA, William. "Técnica estendida e escrita polifônica em Luciano Berio: Sequenza XIV", In: MENEZES, Flo (Org.). Luciano Berio: legado e atualidade. São Paulo: Editora da Unesp digital, 2015, pp. 121-140.

GIL, José. Movimento total: o corpo e a dança. Lisboa: Relógio d"™água, 2001.

KASPER, Kátia Maria. Experimetações clownescas: os palhaços e a criação de possibilidades de vida. Tese (doutorado), Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

LYOTARD, Jean-François; AVRON, Dominique. "A few words to sing: sur Sequenza III de Berio". In: Musique en jeu, nº 2, , pp. 30-33, 1971.

MENEZES, Florivaldo. "Quelques visages de Visage", entrevista com Luciano Berio, Salzburgo, 1989, In: RESTAGNO, Enzo (Org.) Quaderno di Musica/Realtí : Berio. Turim: E.D.T., nº 30, pp. 131-140, 1995.

ORLANDI, Luiz B. L. "Imagem de palhaço e liberdade". Conferência no encerramento do VI Simpósio Internacional de Filosofia: Nietzsche e Deleuze – Imagem, Literatura e Educação. Fortaleza: 2005. Disponí­vel em <http://www.pucsp.br/nucleodesubjetividade/Textos/orlandi/imagem_de_palhaco.pdf)>. Acesso em 25/09/2017.

PACKER, Max. "A ressonância enquanto recurso polifônico: análise de Erdenklavier, de Luciano Berio.", In: Opus, , v. 18, n. 2. Porto Alegre, dez. 2012, p. 33-50.

____________. Latência, ressonância, abertura – um estudo sobre o pensamento composicional de Luciano Berio. Dissertação (Mestrado), Intistuto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2013.

PENHA, Gustavo R. "Considerações contextuais e breves análises acerca de duas transcrições para piano de Franz Liszt sobre peças de J. S. Bach escritas para órgão con pedale obbligato". In: Revista Música Hodie. Goiânia, v. 13, nº 1, pp. 226-241, 2013. Disponí­vel em <https://doi.org/10.5216/mh.v13i1.25899>. Acesso em 25/09/2017.

____________. Entre escutas e solfejos: afetos e reescrita crí­tica na composição musical. Tese (Doutorado), Intistuto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

STOIANOVA, Ivanka. La Revue Musicale: Luciano Berio Chemins em musique. Paris: Richard-Masse, 1985.

VILA, Marie Christine. Cathy Berberian: cant"™actrice. Paris: Fayard, 2003.

ZOURABICHVILI, François. Le vocabulaire de Deleuze. Paris: Ellipses, 2003.

PARTITURAS

BERIO, Luciano. [1953] Chamber Music. Milão: Suvini Zerboni, 1954. Partitura.

BERIO, Luciano. [1960] Circles. Londres: Universal Edition, 1961. Partitura.

BERIO, Luciano. [1966] Sequenza III, para voz feminina. Londres: Universal Edition, 1968. Partitura.

CAGE, John. [1958] Aria. Nova Iorque: Edition Peters, 1960. Partitura.

DOCUMENTíRIO

SWAAN, Carrie de. Music Is The Air I Breathe, documentário sobre a vida e obra de Cathy Berberian. Amsterdam, VPRO, 1994. Disponí­vel em <https://vimeo.com/33056009>. Acesso em 25/09/2017.

Downloads

Publicado

29.12.2017

Como Citar

Penha, G., & Ferraz, S. (2017). Cathy Berberian, Grock e as ideias de polifonia de ações, fragmentação textual, solfejo afetivo e humor em Sequenza III, para voz feminina, de Luciano Berio. Revista Vórtex, 5(3). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/vortex/article/view/2169

Edição

Seção

Artigos