Movimento, som e imagem – A poética de Anne Teresa De Keersmaeker e Thierry De Mey

Autores

  • Felipe Merker Castellani Universidade Federal de Pelotas

Resumo

O presente trabalho aborda a poética da coreógrafa Anne Teresa De Keersmaeker e do cineasta e compositor Thierry De Mey. Objetivo compreender como operam as inter-relações entre música e dança em produções tanto colaborativas quanto individuais de ambos os artistas. Nestas, o paralelismo e a similaridade processual entre processos coreográficos e musicais apontam para a constituição de uma temporalidade comum que conecta movimento, som e imagem. Abordo igualmente as relações estabelecidas por De Keermaeker com a poética dos compositores Steve Reich e Gérard Grisey, visando compreender como suas concepções sobre a temporalidade musical dirigem a maneira pela qual são construí­dos os processos coreográficos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Merker Castellani, Universidade Federal de Pelotas

Artista multimí­dia, pesquisador e professor. Suas pesquisas práticas e teóricas atuais têm como campo problemático a criação musical em relação a outras práticas artí­sticas, como o ví­deo e a dança contemporânea, especificamente em contextos de criação coletiva e colaborativa. É mestre e doutor em Música na área de Processos Criativos junto ao Instituto de Artes da Unicamp. Realizou estágio de pesquisa no Centre de Recherche Informatique et Création Musicale da Universidade Paris 8. Atualmente é professor do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas, aonde lidera o grupo de pesquisa Corpo-imagem-som: pesquisa artí­stica e práticas experimentais. E-mail: felipemerkercastellani@gmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8532-7365.

Referências

ADLINGTON, Robert (ed.). Soundcommitments: Avant-garde Music and the Sixties. New York: Oxford University Press, 2009.

AROM, Simha. Polyphonies et polyrythmies instrumentales d"™Afrique centrale. Paris: SELAF, 1985

CASTELLANI, Felipe Merker Castellani. Corpo-imagem-som: a criação musical e suas conexões. Tese de doutorado, Instituto de Artes, UNICAMP, Campinas, 2016.

CVEJIC, Bojana (ed). Vortex temporum/Anne Teresa De Keersmaeker/Rosas/Ictus. Rosas: Bruxelas, 2013.

DE KEERSMAEKER, Anne Teresa; CVEJIC, Bojana. A Choreographer"™s Score: Fase, Rosas danst Rosas, Elena"™s Aria, Bartók. Bruxelas: Mercatorfonds / Rosas, 2012.

DE MEY, Thierry. Pièces électroniques: scies, bonds, empreintes... Bruxelles: Sub Rosa, 2004.

______. Silence Must be!. Edição pessoal do autor, 2002. Partitura.

DELEUZE, Gilles. Cinema 1: A imagem-movimento. São Paulo: Brasiliense, 1985.

FERRAZ, Silvio. Música e Repetição. São Paulo: Educ, 1998.

LAUXEROIS, Jean.; SZENDY, Peter. De la différence des arts. Paris: L"™Harmattan/ IRCAM, 1997.

ROLAND, Dominique (dir.). Thierry De Mey: Traces de Mouvements. Enghien-les-Bains: Centre des arts, 2012.

REICH, Steve. Writings on Music. Oxford: Oxford University Press, 2002.

ROADS, Curtis. Computer Music Tutorial. Cambridge, Massachusetts: MIT, 1996.

Downloads

Publicado

01.12.2019

Como Citar

Castellani, F. M. (2019). Movimento, som e imagem – A poética de Anne Teresa De Keersmaeker e Thierry De Mey. Revista Vórtex, 7(3). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/vortex/article/view/3206

Edição

Seção

Artigos