A(s) Musicologia(s) na Atualidade Brasileira: o Jogo do Saber e seus Paradoxos

Edson Hansen Sant ’ Ana

Resumo


Este texto visa tratar sobre algumas questões e problemas que concernem à atuação da(s) Musicologia(s) na atual conjuntura brasileira. Alguns questionamentos são levantados à luz de Denis Laborde, musicólogo francês; Paulo Costa Lima, compositor e musicólogo crítico brasileiro; e José D’Assunção Barros (2013), músico, escritor, teórico, e historiador brasileiro. Complementarmente desenvolvo perguntas e afirmações no sentido de pleitear uma pesquisa em Música mais empírica e mais especulativa propondo uma visão libertária em relação aos modelos e às teorias estanques provindas dos centros acadêmicos dominantes, entretanto evidenciando a importância da lógica teórico-metodológica, ouso apresentar uma postura inovadora e inventiva no que tange às novas buscas, interpretações e associações de teorias aparentemente díspares, na sugestão de tornar os estudos em Música mais coerentes à postura de uma  “ciência da música” que se comporte como ‘ciência’.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.