O desenvolvimento da noção de simultaneidade em música: um estudo com crianças baseado na teoria de Piaget

Caroline Caregnato

Resumo


A autora desta pesquisa teve como objetivos identificar quais são as etapas de desenvolvimento da compreensão da simultaneidade e da igualdade de durações em música, e identificar graças a quais estruturas cognitivas acontece esse desenvolvimento. O referencial teórico adotado para este estudo foi a obra de Piaget, e o que se realizou neste trabalho foi uma transposição dos conceitos desse autor para o campo da Cognição Musical. Nesta pesquisa foi realizado um estudo que se utilizou do método clínico piagetiano e envolveu um experimento que combinava a execução musical com a realização de entrevista semiestruturada. Os participantes desta pesquisa foram 16 crianças de 5 a 9 anos de idade. A análise dos dados coletados permitiu a observação de que o desenvolvimento da simultaneidade e da igualdade de durações em música ocorre do mesmo modo como apontado pela teoria piagetiana: em três etapas, durante as quais a criança parte do não reconhecimento de ambas, passa ao reconhecimento parcial ou gradual, até atingir, por fim, a compreensão completa desses dois aspectos temporais. Esse desenvolvimento ocorre graças à evolução do pensamento infantil e não propriamente graças a transformações na percepçã.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.