Société Musicale Indépendante – SMI, sua fundação, sua bandeira e o testemunho da imprensa especializada em torno de sua primeira temporada artística

Danieli Longo Benedetti

Resumo


O presente artigo, segmento de pesquisa de Pós-Doutorado sediada no Departamento de Música da ECA/USP e amparada pela FAPESP, pretende traçar o histórico da Société Musicale Indépendante – SMI, sociedade musical francesa criada em 1909 por um grupo de compositores entre os quais Maurice Ravel, Charles Koechlin e Florent Schmitt, cujo principal objetivo foi promover a música contemporânea sem distinção de escola e nacionalidade. Fundamentado em material coletado no acervo privado de Charles Koechlin e da Bibliothèque nationale de France-BnF o texto pretende ainda uma reflexão sobre a primeira temporada artística da SMI por meio do testemunho da crítica especializada publicado por importantes órgãos de imprensa da época.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.