O uso de roteiros para improvisação livre como auxílio metodológico na iniciação instrumental

André Campos Machado

Resumo


Este texto visa apresentar a estrutura dos roteiros para improvisação livre de seis oficinas realizadas nos conservatórios estaduais de música do Triângulo Mineiro. Elas fazem parte de uma pesquisa que utiliza a livre improvisação como alternativa metodológica para iniciação aos instrumentos de cordas dedilhadas. Serão abordados alguns conceitos expostos por Rogério Costa, Cleber Campos, Bernadete Zagonel, Mario Del Nunzio e Manuel Falleiros.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


© 2020 Revista Vórtex | Vortex Music Journal