Da vanguarda ao folclore – o moderno e o popular em Mário de Andrade

Caion Meneguello Natal

Resumo


O presente artigo focaliza as relações entre vanguarda e folclore segundo o pensamento de Mário de Andrade. São analisados estudos que o escritor produziu durante a década de 1920: dois manifestos estéticos (“Prefácio interessantíssimo” e “A escrava que não é Isaura”), e também o material elaborado a partir de suas viagens ao Norte e Nordeste do Brasil, entre 1927 e 1929. Tais estudos possibilitam enxergar semelhanças estruturais entre modernismo e cultura popular. Para Mário, as manifestações folclóricas serviriam de fonte para a renovação estética que se buscava naquele momento.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Mário de. A escrava que não é Isaura. In: Obra Imatura. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013a.

ANDRADE, Mário de. As melodias do boi e outras peças. Preparação, introdução e notas de Oneyda Alvarenga. São Paulo; Brasília: Duas Cidades/INL, 1987.

ANDRADE, Mário de. Danças dramáticas do Brasil. (1º tomo). Edição por Oneyda Alvarenga. Belo Horizonte/ Brasília: E. Itatiaia; INL, Fundação Nacional Pró-Memória, 1982.

ANDRADE, Mário de. Ensaio sobre a música brasileira. São Paulo/Brasília: Livraria Martins Editora/INL, 1972.

ANDRADE, Mário de. Modinhas imperiais. Belo Horizonte: Itatiaia, 1980a.

ANDRADE, Mário de. Música de feitiçaria no Brasil. Belo Horizonte/Brasília: Itatiaia; INL-Fundação Pró-Memória, 1983.

ANDRADE, Mário de. O turista aprendiz. Edição de texto apurado, anotada e acrescida de documentos por Telê Ancona Lopez, Tatiana Longo Figueiredo; Leandro Raniero Fernandes colaborador. Brasília: Iphan, 2015.

ANDRADE, Mário de. Os cocos. Preparação, introdução e notas de Oneyda Alvarenga. São Paulo; Brasília: Livraria Duas Cidades/Fundação Nacional Pró-Memória, 1984.

ANDRADE, Mário de. Pequena história da música. São Paulo: Martins Fontes, 1980b.

ANDRADE, Mário de. Poesias completas (Vol.1). Edição de texto Tatiana Longo Figueiredo e Telê Ancona Lopez. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013b.

ANDRADE, Mário de. Taxi e crônicas no Diário Nacional. Estabelecimento de texto, introdução e notas de Telê Porto Ancona Lopez. São Paulo: Duas Cidades/Secretaria da Cultura, Ciência e Tecnologia, 1976.

ESCOREL, Lilian. L’Esprit Nouveau nas estantes de Mário de Andrade. São Paulo: Humanitas, 2012.

FRAZER, James. Roger. O ramo de ouro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1982.

GUINSBURG, Jacó (org.). O expressionismo. São Paulo: Perspectiva, 2002.

LAFETÁ, João Luiz. A poesia de Mário de Andrade. In: A dimensão da noite e outros ensaios. São Paulo: Duas Cidades; Ed.34, 2004.

LAFETÁ, João Luiz. 1930: a crítica e o modernismo. São Paulo: Duas Cidades/ Ed. 34, 2000.

LOPES, Vivian Caroline Fernandes. Traços do expressionismo alemão em Mário de Andrade. Dissertação (Mestrado). FFLCH, Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

LOPEZ, Telê Ancona. Arlequim e modernidade. In: Mariodeandradiando. São Paulo: Hucitec, 1996.

LOPEZ, Telê do Porto Ancona. Mário de Andrade: ramais e caminhos. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1972.

MORAES, Eduardo Jardim de. Mário de Andrade: eu sou trezentos: vida e obra. Rio de Janeiro: Edições de Janeiro, 2015.

PAULA, Rosângela Asche de. O expressionismo na biblioteca de Mário de Andrade: da leitura à criação. Tese (Doutorado). FFLCH, Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

SOUZA, Cristiane Rodrigues de. Clã do Jabuti: uma partitura de palavras. São Paulo: Annablume, 2006.

SOUZA, Gilda de Mello e. Vanguarda e Nacionalismo na década de vinte. In: Exercícios de leitura. São Paulo: Duas Cidades, 1980.

TEIXEIRA, Maurício de Carvalho. Torneios melódicos: poesia cantada em Mário de Andrade. Tese (Doutorado). FFLCH, Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

WISNIK, José Miguel. Dança dramática (Poesia/música brasileira). Tese (Doutorado). FFLCH, Departamento de Línguas Orientais e Teoria Literária, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1979.

WISNIK, José Miguel. O coro dos contrários: a música em torno da semana de 22. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1983.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.