Guero: Música concreta instrumental e direcionalidade na peça-estudo para piano de Helmut Lachenmann

Guilherme Ribeiro, Silvio Ferraz

Resumo


A presente análise é parte dos resultados de uma pesquisa que investiga a relação entre os sons gerados pela expansão do instrumento musical (técnicas estendidas) e a composição contemporânea. Trataremos aqui da peça-estudo para piano do compositor Helmut Lachenmann – Guero. Procuramos demonstrar a utilização da técnica estendida instrumental contemporânea como ferramenta fundamental na estruturação de objetos e sua disposição temporal direcional ao longo da obra. Para tanto, tomamos por referências a proposição do próprio compositor (a música concreta instrumental) que, por sua vez, faz referência à base analítica aqui utilizada: a morfotipologia dos objetos sonoros de Pierre Schaeffer.

Texto completo:

PDF

Referências


FERRAZ, Silvio; PADOVANI, José Henrique. Proto-história, evolução e situação atual das técnicas estendidas na criação musical e na performance. Música Hodie, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 37-58, 2011.

LACHENMANN, Helmut. Guero: für Klavier. Alemanha: Breitkopf & Härtel, 1980. Partitura.

LACHENMANN, Helmut. Tipos sonoros da nova música. [Tradução preliminar para o português de circulação limitada feita por José Henrique Padovani em abril de 2013 do original em alemão "Klangtypen der Neuen Musik" in Musik als existentielle Erfahrung, 2ª edição atualizada]. Wiesbaden: Breitkopf und Härtel (2004): pp. 1–20.

ROSS, Alex. O resto é ruído: escutando o século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

SCHAEFFER, Pierre. Tratado de los objetos musicales. [Versão espanhola, Araceli Cabezón de Diego]. Madri: Alianza Editorial, 1988.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.