Reflexões acerca da "imaginação" nas obras de Salvador Dalí

100 anos do Manifesto Surrealista

Autores

  • Francisco de Paulo D'Avila Junior UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA

DOI:

https://doi.org/10.33871/19805071.2024.30.1.8877

Palavras-chave:

Arte, Imaginação, Surrealismo, Manifesto Surrealista, Salvador Dalí

Resumo

Este artigo investiga a relação entre a imaginação e o Surrealismo, destacando como os artistas desse movimento, trabalharam para fundir sonhos e realidade, forjando uma realidade absoluta, uma espécie de surrealidade. Para tanto, inicialmente haverá uma breve contextualização sobre o sentido de imaginação, revisitando autores como Aristóteles, Santo Agostinho, David Hume, Immanuel Kant, Jean-Paul Sartre e Sigmund Freud. O Manifesto Surrealista, que em 2024 completa 100 anos, e obras do mestre surrealista Salvador Dalí, serão objetos de análise sobre como a imaginação transcendeu as convenções artísticas tradicionais através do movimento surrealista, dando origem a um universo de imagens perturbadoras, oníricas, além de associações inesperadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Agostinho de Hípona. (1995). A trindade (A. Belmonte, Trad.). São Paulo: Editora Paulus. (Originalmente publicado em 422).

ALVES, Marcelo de Sousa Ferreira. O papel da imaginação no conhecimento humano segundo David Hume. 2015. Disponível em: <https://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/14485/1/2015_dis_msfalves.pdf>. Acesso em: 01 fev. 2024.

BRADLEY, Fiona. Surrealismo. São Paulo: Cosac Naify, 2001.

BRETON, André. Manifesto Surrealista. Disponível em: <https://www.colegiodearquitetos.com.br/wp-content/uploads/2017/03/Manifesto-de-breton.pdf>. Acesso em: 10 fev. 2024.

DALÍ, Salvador. Novas considerações gerais sobre o mecanismo do fenômeno paranoico do ponto de vista surrealista. In: Sim ou a paranoia. Rio de Janeiro. Editora Artenova, 1974, p. 27-33.

KANT, I. Crítica da faculdade do juízo. Tradução de Valério Rohden e António Marques. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

MASSIMI, Marina. Imagens e imaginação nas tradições filosóficas transmitidas no Brasil colonial. Arquivos Brasileiros de Psicologia, vol. 63, núm. 3, 2011, pp. 117-129. Disponível em: <https://www.redalyc.org/pdf/2290/229022209010.pdf>. Acesso em: 21 fev. 2024.

NÉRET, Gilles. Salvador Dalí – A Conquista do Irracional. Lisboa:

TASCHEN, p. 96, 2011.

SARTRE, Jean-Paul. A Imaginação. Jean-Paul Sartre; tradução de Paulo Neves. Porto Alegre: L&PM, 2008.

Downloads

Publicado

2024-07-01

Como Citar

D’AVILA JUNIOR, Francisco de Paulo. Reflexões acerca da "imaginação" nas obras de Salvador Dalí: 100 anos do Manifesto Surrealista. Revista Cientí­fica/FAP, Curitiba, v. 30, n. 1, p. 125–150, 2024. DOI: 10.33871/19805071.2024.30.1.8877. Disponível em: https://periodicos.unespar.edu.br/revistacientifica/article/view/8877. Acesso em: 12 jul. 2024.