“Foram anos absolutamente brutais!” Sons e memórias do rock na região de Aveiro (1950-2000)

Autores

Palavras-chave:

Rock, Aveiro, Memórias

Resumo

O presente artigo pretende contribuir para a memória do rock na região de Aveiro em Portugal através dos testemunhos de músicos que integraram conjuntos de rock cuja atividade decorreu entre os finais da década de 1950 e 1990. Interessa-nos a dinâmica gerada na região pela recepção do rock internacional que conduziu à criação dos conjuntos de rock através de iniciativas locais.  Para isso importa caracterizar o contexto social, económico e político em que esses conjuntos emergiram, as suas motivações, os repertórios escolhidos, as dificuldades que enfrentaram, e as transformações a que estiveram sujeitos. Essas transformações abrangem diferentes aspetos que se articulam diretamente com a forte alteração política que decorre da revolução de Abril de 1974 e suas consequências no domínio do acesso à educação, às possibilidades de profissionalização e às tecnologias de suporte no quadro do mercado da música.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Artur Calado, Universidade de Aveiro/INET-md

Artur Calado é licenciado em Engenharia Electrotécnica pelo IST, CEMS Executive MBA e PMP pelo PMI. Iniciou o seu percurso profissional na área do desenvolvimento de sistemas de telecomunicações, desempenhando subsequentemente funções técnicas, de direção e administração, bem como de gestão de projetos internacionais de grande dimensão. Teve experiência docente no IST e na UA. Atualmente encontra-se aposentado. Manteve ao longo da vida forte interesse na área da música tendo sido praticante amador de violino e guitarra, com ligação a grupos locais de música e de canto. Foi bolseiro técnico de investigação no Projeto SOMA no INET-md/Universidade de Aveiro

Vitor Marques, Universidade de Aveiro/INET-md

Vitor Marques é licenciado em Engenharia Mecânica pela FEUP - Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Na sua atividade profissional foi professor do ensino secundário e desempenhou, no sector industrial, funções técnicas e comerciais na área do papel, até à sua aposentação. Manteve durante a sua carreira permanente ligação a inúmeras atividades musicais, como executante amador de guitarra clássica e guitarra portuguesa, entre outros, sempre ligado a agrupamentos de música coral e de cariz etnográfico e folclórico. Foi bolseiro técnico de investigação no Projeto SOMA no INET-md, pólo da Universidade de Aveiro

Aoife Hiney , Universidade de Aveiro/INET-md

Aoife Hiney é professora auxiliar convidada na Universidade de Aveiro, professora adjunta convidada na Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico do Porto e investigadora integrada no INET-md. A sua pesquisa tem como enfoque práticas não profissionais de canto coral, práticas de investigação partilhadas, o desenvolvimento da literacia musical e adaptações da pedagogia de Kodály. Foi uma investigadora contratada na Universidade de Aveiro no âmbito do projeto SOMA – Sons e Memórias de Aveiro, financiado pela FCT

Pedro Aragão , Universidade de Aveiro/INET-md

Pedro Aragão é Investigador Equiparado a Auxiliar na Universidade de Aveiro. Seus interesses de pesquisa incluem música popular brasileira, arquivos sonoros, relações entre indústria fonográfica e música popular e lusofonia. Atualmente é coordenador do projeto Liber|Sound: práticas inovadoras de arquivamento para libertação da memória sonora, financiado pela FCT. ORCID

Ana Flavia Miguel, Universidade de Aveiro/INET-md

Ana Flávia Miguel é etnomusicóloga e investigadora no Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança/Universidade de Aveiro. É a investigadora co-responsável da candidatura do Kola San Jon a património cultural imaterial. É autora do documentário Kola San Jon, galardoado com o Intangible Heritage Documentation Award (6th Folk Music Film Festival, Nepal, 2016). Desde 2006 tem desenvolvido investigação sobre Cabo Verde a partir da pesquisa associada aos arquivos digitais em música, música e migração, música e pós-colonialismo e práticas de investigação partilhada. Atualmente é coordenadora para a internacionalização do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro

Susana Sardo, Universidade de Aveiro/INET-md

Susana Sardo é Etnomusicóloga, Professora Associada na Universidade de Aveiro e Professora Visitante da Universidade de Goa – Cátedra Cunha Rivara. Desde 1987 tem desenvolvido trabalho de investigação sobre Goa num quadro de pesquisa mais vasto associado à música, lusofonia e poscolonialidade e, desde 2011, sobre arquivos de som e práticas de investigação partilhada em diálogo com contextos, investigadores e investigadoras não académicos/as. É coordenadora do pólo da Universidade de Aveiro do Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança

Referências

Referências bibliográficas

ALMEIDA, Luís Pinheiro de. Biografia do IÉ-IÉ. Córdoba: Documenta, 2014.

CIDRA, Rui, FÉLIX, Pedro. Pop-Rock, in Enciclopédia da Música em Portugal no Século XX, editado por Salwa Castelo-Branco. Lisboa: Temas e Debates/Círculo de Leitores, 2010.

DA ENCARNAÇÃO, Paulo Gustavo. Cabeludos e guedelhudos: o rock no Brasil e em Portugal e sua recepção na imprensa (1970/1985). ArtCultura, 17(31), 2015. Disponível em: <https://seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/36642/19316>

DUARTE, João Manuel Aristides. Memórias do Rock Português. Soito: Edição de autor vol. 2, 2010.

FIUZA, Alexandre Filipe. Nas margens do rock: a censura estatal e a canção popular portuguesa. ArtCultura, 17(31), 2015. Disponível em: <https://seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/36641>

GOTELIPE, Jose Sidiney. Os “Jazzes” de Ílhavo: história, representação simbólica e propostas de reconstituição da bateria. 2017. Dissertação (Mestrado). Universidade de Aveiro, Aveiro, 2017.

GUERRA, Paula. A instável leveza do rock: génese, dinâmica e consolidação do rock alternativo em Portugal (1980-2010). 2010. Tese (Doutoramento). Universidade de Porto, Porto, 2010.

HOBSBAWM, E. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991. Tradução Marcos Santarrita; revisão técnica Maria Célia Paoli. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

MARTINS, Ana Cláudia. Rock in Portugal: repercussões do género musical na juventude portuguesa (1960 vs. 2014). 2014. Tese (Mestrado). Universidade de Minho, Minho, 2014

MARTINS, Ana Cláudia, GUERRA, Paula. O Rock chegou à cidade. As transformações na noite Lisboeta da década de 80. Convergências – Revista de Investigação e Ensino das Artes, XI (22), 2018. disponível em: <https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/118798/2/311963.pdf>

NETTL, Bruno. Heartland excursions: Ethnomusicological reflections on schools of music. Illinois: University of Illinois Press, 1995.

NUNES, Pedro. Periódicos de Música in Enciclopédia da Música em Portugal no Século XX, editado por Salwa Castelo-Branco. Lisboa: Temas e Debates/Círculo de Leitores, 2010.

SILVA, Hugo. Polygram in Enciclopédia da Música em Portugal no Século XX, editado por Salwa Castelo-Branco. Lisboa: Temas e Debates/Círculo de Leitores, 2010.

Entrevistas

ALFREDO VAZ PINTO. Aveiro, dia 24 de março de 2020. Entrevista.

ARTUR CALADO. Aveiro, dia 28 de maio de 2020. Entrevista.

CELESTINO PIRES. Aveiro, dia 18 de maio de 2020. Entrevista.

FAUSTO CARVALHO. Aveiro, dia 2 de abril de 2020. Entrevista.

JOÃO ANÍBAL RAMALHEIRA. Aveiro, dia 23 de setembro de 2020. Entrevista.

LUCIANO GAMELAS. Aveiro, dia 2 abril de 2020. Entrevista.

MÁRIO BRANDÃO CRUZ. Aveiro, dia 27 de março de 2020. Entrevista.

NÓI PICADO RAPOSO. Aveiro, dia 24 de março de 2020. Entrevista.

RICARDO FINO. Ílhavo, dia 7 de outubro de 2020. Entrevista.

Downloads

Publicado

29.09.2022

Como Citar

Calado, A. ., Marques, V., Hiney, A., Aragão, P., Miguel, A. F., & Sardo, S. (2022). “Foram anos absolutamente brutais!” Sons e memórias do rock na região de Aveiro (1950-2000). Revista Vórtex, 10(2), 1–29. Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/vortex/article/view/6819

Edição

Seção

Dossiê “55 anos de Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band”