Um eco de tumultos e de sombras

Autores

  • Willian Lentz UFPR

Resumo

Este memorial apresenta os fundamentos composicionais e uma breve análise estrutural da obra para piano Um eco de tumultos e de sombras, na qual são aplicadas técnicas estendidas através de ferramentas que ferem diretamente as cordas do instrumento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Willian Lentz, UFPR

Willian Lentz, graduou-se em 2014 no Curso Superior de Composição e Regência pela Universidade Estadual do Paraná- Escola de Música e Belas Artes do Paraná-UNESPAR/EMBAP. Em composição foi orientado por João José de Félix Pereira, Harry Crowl, e Felipe Ribeiro, atualmente assiste aulas de composição com Maurí­cio Dottori. Premiado em três edições do Concurso de Composição Reneé Devrainne Frank, promovido pela UNESPAR/EMBAP, participou de gravações e concertos como violonista e tem obras estreadas para diversos instrumentos solistas e conjuntos. Foi diretor artí­stico e regente da Orquestra de Violões da EMBAP de 2010 a 2013, regente da Big Belas Band, grupo de jazz da mesma instituição de 2012 a 2013, é regente e diretor artí­stico do Coral Mokiti Okada de Curitiba desde 2010 e no ano de 2013 foi regente assistente na Orquestra Filarmônica da Universidade Federal do Paraná. Além de trabalhar como compositor e regente atua como professor de música, violão e piano.

Downloads

Publicado

30.12.2014

Como Citar

Lentz, W. (2014). Um eco de tumultos e de sombras. Revista Vórtex, 2(2). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/vortex/article/view/473

Edição

Seção

Partitura