A Ornamentação na Viola da Gamba a partir da Visão de De Machy

Autores

  • André Luiz Tartas Universidade Federal do Paraná
  • Silvana Ruffier Scarinci Universidade Federal do Paraná
  • Kristina Augustin Universidade Federal Fluminense

Palavras-chave:

De Machy, Ornamentação, Viola da Gamba, Música Antiga,

Resumo

Neste artigo investigamos a ornamentação para viola da gamba a partir do livro Pièces de Violle en Musique et en Tablature (1685) de De Machy. A obra é o primeiro livro de peças para viola da gamba baixo publicado na França, e nela consta o Avertissement, um prefácio onde o autor expõe sua visão sobre o instrumento e propõe sinais de ornamentos. A ornamentação de De Machy será analisada considerando os pressupostos do Avertissement e o referencial teórico de autores do mesmo perí­odo. Com isso, buscamos oferecer subsí­dios para a compreensão e para a interpretação de sua obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Luiz Tartas, Universidade Federal do Paraná

André Luiz Tartas é doutorando e Mestre em Musicologia (UFPR), e Licenciado em Educação Musical. Integrante do Laboratório de Música Antiga da UFPR (LAMUSA), onde atua como gambista e pesquisador da música francesa instrumental do século XVII e XVIII. Estudou violoncelo na EMBAP com Maria Alice Brandão, é professor de violoncelo e é aluno da gambista Kristina Augustin. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6314-8166

Silvana Ruffier Scarinci, Universidade Federal do Paraná

Silvana Scarinci é Professora da graduação e Pós-graduação em Música na UFPR. Alaudista, dirige o LAMUSA (Laboratório de Música Antiga da UFPR), responsável pelo resgate, edição e performance de obras raras do perí­odo barroco, como a ópera esquecida de Marin Marais, Ariane & Bacchus. Publicou o livro e CD Safo Novella: uma poética do abandono nos lamentos de Barbara Strozzi (EDUSP e ALGOL editoras, 2008). Em 2014, foi finalista da Categoria Cultura do Prêmio Claudia para mulheres de destaque na América Latina. Em 2017, realizou Estágio Sênior no Royal Birmingham Conservatoire, sob supervisão de Graham Sadler. ORCID: https//orcid.org/0000-0003-1933-7618

Kristina Augustin, Universidade Federal Fluminense

Kristina Augustin é doutora em Música pela Universidade de Aveiro, mestre em Artes pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp-SP). Diplomou-se pelo Birmingham Conservatoire (UCE) e especializou-se em viola da gamba na Schola Cantorum Basiliensis (Suí­ça). Sua discografia conta com um LP e oito Cds com os grupos Música Antiga da UFF, Camerata Antiqua de Curitiba e Quadro Antiquo. Como fruto do trabalho de divulgação da viola da gamba recebeu a Moção de Aplausos da Câmara Municipal de Niterói e foi citada no dicionário Novo Aurélio, século XXI no verbete "viola da gamba" e introduziu a palavra "gambista" na lí­ngua portuguesa. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1435-7097

Referências

CHAMBONNIÈRES, Jacques Campion. Les Pieces de Clavecin de Monsieur de Chambonnieres. Paris: 1670.

CHENEY, Stuart. Dubuisson: a study of his music for solo bass viol. Tese (Doutorado). University of North Texas, 1988.

CHENEY, Stuart; COEYMAN, Barbara. The Viola da Gamba Family. KITE-POWELL, Jeffery. A Performer's Guide to Seventeenth-Century Music. Indiana University Press, 2012.

CYR, Mary. "Dans le gout du theorbe": How did french viol players pluck the viol? Journal of the Viola da Gamba Society of America, v. 48, 2014.

CYR, Mary. Style and performance for bowed string instruments in French baroque music. Ashgate Publishing, Ltd., 2012.

DANOVILLE. L"™Art de toucher le dessus et basse de Violle. Paris: Ballard, 1687

DE MACHY. Pièces de Violle en Musique et en Tablature. Paris: Ballard, 1685.

GREEN, Robert A. Jean Rousseau and Ornamentation in French Viol Music. Journal of the Viola da Gamba Society of America, v. 14, p. 4-41, 1977.

HOFFMANN, Bettina. The Viola da Gamba. New York: Routledge, 2018.

KINNEY, Gordon J. Writings of the Viol by Dubuisson, DeMachy, Roland Marais and Étienne Loulié. Journal of the Viola da Gamba Society of America, v. 13, p. 19-57, 1976.

LESURE, François. Une querelle sur le jeu de la viole en 1688: J. Rousseau contre Demachy. Revue de musicologie, v. 46, n. 122, p. 181-199, 1960.

MARAIS, Marin. Pièces de Violes a une et deux violes. Paris: 1686.

MARAIS, Marin. Basse Continue des Pièces de Violes a une et deux violes. Paris: 1689.

NG, Shaun Kam Fook. Le Sieur de Machy and the French solo viol tradition. Dissertação (Mestrado). University of Western, Australia, 2008.

NG, Shaun Kam Fook. Ornamentation in Marin Marais Pieces de Viole. Tese (Doutorado). Universidade de Sydney/ Conservatório de Música, 2013.

ROLFHAMRE, Robin. French baroque lute music from 1650-1700. Dissertação (Mestrado). University of Agder, Noruega, 2010.

ROUSSEAU, Jean. Traite de la Viole. Paris: 1687.

ROUSSEAU, Jean. Réponce de Monsieur Rousseau. Paris: 1688.

VISÉE, Robert. Livre de Pieces de Guitarre. Paris: 1686.

SAINT-LAMBERT, Michel de. Les principes du clavecin. Paris: 1702.

SICARD, Michel. The French Viol School before 1650. Journal of the Viola da Gamba Society of America, v. 18, p. 76-93, 1981.

SICARD, Michel. The French Viol School: The Repertory from 1650 to Sainte-Colombe (ca. 1680). Journal of the Viola da Gamba Society of America. v.22, p. 42-55, 1985.

URQUHART, Margaret. Style and technique in the pieces de violes of Marin Marais. Tese (Doutorado), Universidade de Edimburgo, 1970.

Downloads

Publicado

15.05.2021

Como Citar

Tartas, A. L., Scarinci, S. R., & Augustin, K. (2021). A Ornamentação na Viola da Gamba a partir da Visão de De Machy. Revista Vórtex, 9(1). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/vortex/article/view/4171

Edição

Seção

Artigos