Análise e classificação de Linguagens de Programação Musical

Autores

  • Rodrigo Ramos de Araujo Universidade Federal de São João del-Rei
  • José Mauro da Silva Sandy Universidade Federal de São João del-Rei
  • Elder José Reioli Cirilo Universidade Federal de São João del-Rei
  • Flávio Luiz Schiavoni Universidade Federal de São João del-Rei

Resumo

As linguagens de programação musical datam dos primórdios da computação e sofreram - e ainda sofrem - uma grande influência da evolução e pesquisa na área de Linguagens de Programação. Esta influência resultou em um ecossistema de linguagens com diferentes paradigmas, mas sob o mesmo domí­nio, a Computação Musical. Neste artigo, apresentamos as questões históricas da evolução destas linguagens, as suas questões técnicas e de desenvolvimento e também uma análise e avaliação das mesmas levando em consideração a facilidade de uso e critérios como legibilidade, expressividade e facilidade de escrita e também a influência da comunidade no desenvolvimento das mesmas. Por fim, apresentamos uma discussão sobre esta análise e avaliação que pode auxiliar artistas e programadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Ramos de Araujo, Universidade Federal de São João del-Rei

Graduando em Ciência da Computação pela Universidade Federal de São João del-Rei pesquisa atualmente linguagens de programação musical no laboratório ALICE (Arts Lab in Interface, Computers, and Else). E-mail: rodrigoraraujo94@gmail.com

José Mauro da Silva Sandy, Universidade Federal de São João del-Rei

Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Presidente Antônio Carlos (2010), com especialização em Arquitetura de Sistemas Distribuí­dos e Gerenciamento de Projetos. Atualmente é mestrando em Ciência da Computação pela Universidade Federal de São João del-Rei onde pesquisa as possí­veis colaborações em código para processos criativos distribuí­dos no laboratório ALICE (Arts Lab in Interface, Computers, and Else). E-mail: jmsandy@gmail.com

Elder José Reioli Cirilo, Universidade Federal de São João del-Rei

Professor do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de São João del-Rei, atuou como pesquisador visitante na Universidade de Waterloo (Canadá) durante um perí­odo de 4 anos e como pós-doutorando no Laboratório de Engenharia de Software da PUC-Rio. Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2006). Obteve seu mestrado em Informática pela Pontifí­cia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2008) e doutorado em Informática pela Pontifí­cia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2012). Tem experiência na área de Engenharia de Software, com ênfase em sistemas de software configuráveis, linguagens especí­ficas de domí­nio, desenvolvimento de software orientado a features, programação por usuários finais e engenharia de software experimental. E-mail: elder@ufsj.edu.br

Flávio Luiz Schiavoni, Universidade Federal de São João del-Rei

Professor Adjunto da Universidade Federal de São João del-Rei no Departamento de Computação atua como docente efetivo no Programa de Pós Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) e no Programa Interdepartamental de Pós-Graduação Interdisciplinar em Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (PIPAUS) desta mesma instituição onde coordena o ALICE (Arts Lab in Interface, Computers, and Else), o Grupo de Estudos em Arte Digital Colaborativa e a Orchidea (Orchestra of Ideas). Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Maringá (1999), especialização em Desenvolvimento para WEB pela Universidade Estadual de Maringá (2004), mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Maringá (2007) e doutorado em Ciências da Computação pela Universidade de São Paulo na Área de Computação Musical (2013). E-mail: fls@ufsj.edu.br

Referências

BASILI, V. R. Software modeling and measurement: the Goal/Question/Metric paradigm. [S.l.], 1992.

BOULANGER, Richard Charles et al. (Ed.). The Csound book: perspectives in software synthesis, sound design, signal processing, and programming. MIT press, 2000.

BRESSON, J.; AGON, C.; ASSAYAG, G. Openmusic: visual programming environment for music composition,analysis and research. In: ACM. Proceedings of the 19th ACM international conference on Multimedia. [S.l.],2011. p. 743–746.

CAMURRI, A. et al. Toward real-time multimodal processing: Eyesweb 4.0. In: CITESEER. Proc. Artificial Intelligence and the Simulation of Behaviour (AISB) 2004 Convention: Motion, Emotion and Cognition,. [S.l.], 2004. p. 22–26.

CUTHBERT, M. S.; ARIZA, C. Music21: A toolkit for computer-aided musicology and symbolic music data. In: International Simposium on Music Information Retrieve. [S.l.: s.n.], 2010. p. 637–642.

DANNENBERG, R. B. Machine tongues XIX: Nyquist, a language for composition and sound synthesis. Computer Music Journal, JSTOR, v. 21, n. 3, p. 50–60, 1997.

GARTON, B.; TOPPER, D. Rtcmix-using cmix in real time. In: ICMC. [S.l.: s.n.], 1997.

GOLDBERG, A.; ROBSON, D. Smalltalk-80: the language and its implementation. [S.l.]: Addison-Wesley Longman Publishing Co., Inc., 1983.

KELLER, D. Challenges for a second decade of Ubimus research: Knowledge transfer in Ubimus activities. Música Hodie, v. 18, p. 147–165, 2018.

KERNIGHAN, B.; RITCHIE, D. M. The C programming language. [S.l.]: Prentice hall, 2017.

LAZZARINI, Victor. The development of computer music programming systems. Journal of New Music Research, v. 42, n. 1, p. 97-110, 2013.

MATHEWS, M. V.; MILLER, J. E.; MOORE, F. R.; PIERCE, J. R.; RISSET, J.-C. The technology of computer music. [S.l.]: MIT press Cambridge, 1969. v. 969.

MCCARTNEY, J. Rethinking the computer music language: Supercollider. Computer Music Journal, MIT Press, v. 26, n. 4, p. 61–68, 2002.

MILETTO, E. M. et al. Introdução í computação musical. In: IV Congresso Brasileiro de Computação. [S.l.:s.n.], 2004.

MIRANDA, E. R.; WANDERLEY, M. M. New digital musical instruments: control and interaction beyond the keyboard. [S.l.]: AR Editions, Inc., 2006. v. 21.

MOORE, F. Introduction to music synthesis using Cmusic. Computer Audio Research Laboratory, University of California, San Diego, 1983.

MYERS, B. A. Taxonomies of visual programming and program visualization. Journal of Visual Languages & Computing, Elsevier, v. 1, n. 1, p. 97–123, 1990.

ORLAREY, Y.; FOBER, D.; LETZ, S. An algebra for block diagram languages. In: CITESEER. Proceedings of International Computer Music Conference. [S.l.], 2002. p. 542–547

ORLAREY, Y. FAUST: an efficient functional approach to DSP programming. New Computational Paradigms for Computer Music, Editions Delatour, Paris, France, v. 290, p. 14, 2009.

PUCKETTE, M. S. Pure data. In: International Computer Music Conference. San Francisco: International Computer Music Association, 1996. v. 1997, p. 224–227.

SCHIAVONI, F. L.; GOULART, A. J. H.; QUEIROZ, M. APIs para o desenvolvimento de aplicações de áudio. Seminário Música Ciência Tecnologia, v. 1, n. 4, 2012.

SCHIAVONI, F. L.; GONÇALVES, L. L. Teste de usabilidade do sistema Mosaicode. In: Anais [do] IV Workshop de Iniciação Cientí­fica em Sistemas de Informação (WICSI). Lavras - MG - Brazil: [s.n.], 2017. p. 5–8.

SEBESTA, R. W. Conceitos de Linguagem de Programação. 5a Edição. [S.l.]: Editora Bookman Companhia, 2003.

STEELE, G. Common LISP: the language. [S.l.]: Elsevier, 1990.

TRUEMAN, D.; COOK, P. R.; SMALLWOOD, S.; WANG, G. PLOrk: The princeton laptop orchestra, year 1. In: ICMC. [S.l.: s.n.], 2006.

VERCOE, B. et al. Csound. The Csound Manual Version, v. 3, 1986.

Downloads

Publicado

01.09.2018

Como Citar

de Araujo, R. R., Sandy, J. M. da S., Cirilo, E. J. R., & Schiavoni, F. L. (2018). Análise e classificação de Linguagens de Programação Musical. Revista Vórtex, 6(2). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/vortex/article/view/2614

Edição

Seção

Artigos | Dossiê "Ubimus"

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)