XyLoops – Composição e performance de uma obra para xilofone e eletrônica em tempo real (live looping)

Autores

  • Helvio Monteiro Mendes Universidade de Aveiro
  • Alexsander Jorge Duarte Universidade de Aveiro
  • Cesar Adriano Traldi Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

Apresentamos o processo de composição e performance da obra XyLoops. Essa composição para xilofone e eletrônica em tempo real foi criada dentro de projeto de pesquisa desenvolvido entre pesquisadores de duas instituições/paí­ses onde o live looping é o foco principal da pesquisa. Assim, o artigo apresenta uma breve contextualização sobre obras para xilofone e eletrônica em tempo real, uma reflexão sobre o conceito de Live Looping seguido por uma descrição do processo composicional realizado colaborativamente entre os pesquisadores e uma reflexão sobre questões técnicas e interpretativas da obra. Finalizamos apontando para o carácter inovador desta composição o que irá contribuir para a ampliação e desenvolvimento do repertório para xilofone e auxiliar intérpretes e compositores no processo de performance e composição de obras para instrumentos e eletrônica em tempo real focadas em live looping.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helvio Monteiro Mendes, Universidade de Aveiro

É Mestre em percussão pela Universidade de Campinas/UNICAMP e bacharel em percussão pela Universidade Estadual Paulista/UNESP. Atualmente, desenvolve a sua pesquisa de doutorado na Universidade de Aveiro centrada nas práticas performativas do xilofone na contemporaneidade. E-mail: helviomendes@ua.pt

Alexsander Jorge Duarte, Universidade de Aveiro

É Doutor em Etnomusicologia pela Universidade de Aveiro (2013) e graduado em Música pela Universidade Federal de Ouro Preto/UFOP. É membro pesquisador do INET-MD (Instituto de Etnomusicologia, Centro de estudos em música e dança) onde desenvolve uma pesquisa de pós-doutoramento centrada numa prática performativa designada por live looping. E-mail: alex.duarte@ua.pt

Cesar Adriano Traldi, Universidade Federal de Uberlândia

É bacharel em percussão e doutor em música pela UNICAMP. Tem se destacado nacionalmente com apresentações e recitais solo em diversos Estados brasileiros e internacionalmente. É professor de percussão, pesquisador do Núcleo de Música e Tecnologia e diretor do Instituto de Artes da UFU. E-mail: ctraldi@ufu.br

Referências

BARBOSA, Jerônimo. WANDERLEY, Marcelo M. HUOT, Stéphane. Exploring playfulness in nime design: the case of live looping tools. NIME, 2017. Disponí­vel em: http://homes.create.aau.dk/dano/nime17/papers/0018/index.html> Acesso em 12/05/2018.

BEAL, Touanda Júlia; DOMENICI, Catarina. A colaboração compositor-intérprete: Concepções e conceitos na ótica de compositores e intérpretes. In Salão UFRGS 2014: SIC - XXVI Salão de Iniciação Cientí­fica da UFRGS, 2014, Porto Alegre, RS. Anais Porto Alegre, RS, 2014. v. 1. Disponí­vel em https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/113711/Poster_37580.pdf?sequence=2

CAHN, William. (1979). The Xylophone in Acoustic Recordings (1877 to 1929). Nova York, The Percussionist 16, no. 3. 133-152.

CHAIB, Fernando. Exploração Tí­mbrica no Vibrafone: Análise Interpretativa da obra Cálculo Secreto, de José Manuel López López. Dissertação (Mestrado), Departamento de Comunicação e Arte/DECA, Universidade de Aveiro. Aveiro, 2007

CHAIB, Fernando. O Gesto na Performance em percussão: Uma abordagem Sensorial e Performativa. Tese (Doutorado), Departamento de Comunicação e Arte/DECA, Universidade de Aveiro. Aveiro, 2012.

DUARTE, Alexsander Jorge. A arte do looping. A loop station como instrumento de prática performativa musical. In Post-ip: Revista do Fórum Internacional de Estudos em Música e Dança. 2016. Disponí­vel em: http://revistas.ua.pt/index.php/postip/article/view/4550

KNOWLES, Julian D. HEWITT, Donna. Performance recordivity: studio music in a live context. Burgess, In Richard James & Isakoff, Katia (Org.). 7th Art of Record Production Conference, 2011, Disponí­vel em: https://eprints.qut.edu.au/48489/ > Acessado em 02/04/2017

MENINO, Fernando Bueno. Possibilidades interpretativas envolvendo instrumentos de percussão e recursos tecnológicos na obra Clapping Music (1972), de Steve Reich. Dissertação (Mestrado), Escola de Música, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015

MOERSCH, W. Marimba revolution. In R. Hartenberger (Org.), The Cambridge Companion to Percussion: Cambridge Companions to Music. Cambridge, Cambridge University Press, 2016 43-54.

PACHET, François. ROY, Pierre. MOREIRA, Julian. d'Inverno, Mark. Reflexive loopers for solo musical improvisation. Proceedings of the SIGCHI Conference on Human Factors in Computing Systems. 2013. Disponí­vel em: http://dl.acm.org/citation.cfm?doid=2470654.2481303> Acesso em 10/02/2017

ROCHA, Fernando de Oliveira. Works for percussion and computer-based live electronics: aspects of performance with technology. Dissertação (Doutorado). Schulich School of Music, McGill University, Montreal, Canadá, 2008.

SARDO, Susana. Shared Research Practices on and about music: toward decolonizing colonial ethnomusicology. In Josep Martí­ and Sara Revilla (Org) Making Music, Making Society. Cambridge, Cambridge Scholars, 2017, 217-238.

STRAIN, James. The Xylophone (ca. 1878-1930): Its Published Literature, Development as a Concert Instrument, and Use in Musical Organizations, Tese (Doutorado). Eastman School of Music, University of Rochester. Nova York, 1995.

Downloads

Publicado

01.09.2018

Como Citar

Mendes, H. M., Duarte, A. J., & Traldi, C. A. (2018). XyLoops – Composição e performance de uma obra para xilofone e eletrônica em tempo real (live looping). Revista Vórtex, 6(2). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/vortex/article/view/2609

Edição

Seção

Artigos