DANÇA NO CONTEXTO DE ISABEL MARQUES: algumas questões sobre dança e seus conteúdos no ensino formal

Autores

  • Natasha Prado Muniz Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Christiane Guimarães de Araújo Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Resumo

O presente trabalho propõe a análise dos conteúdos de dança presentes nas atividades corporais que a autora vivenciou no curso de licenciatura em Artes Cênicas da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS), a partir da proposta metodológica Dança no Contexto de Isabel Marques (1997 – 2010) e da sistematização que a autora propõe, dividida em subtextos, textos e contextos da dança. Apresenta reflexões que atravessam essa sistematização, como a presença da linguagem da dança no ensino formal, na disciplina de educação fí­sica e na disciplina de artes, além dos desafios que o professor encontra perante a falta de conhecimento da comunidade escolar e dos pais sobre a disciplina de dança. A pesquisa, de abordagem qualitativa, vale-se, como procedimento metodológico, da revisão de literatura e diário de bordo registrado no perí­odo de setembro de 2019 a janeiro de 2020. Como referencial teórico, entrelaçam-se, principalmente, os estudos de Marques (1997 – 2010) com Barbosa (1998).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natasha Prado Muniz, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Pesquisadora do Programa de Iniciação cientí­fica (PIBIC) e Graduanda em Artes cênicas (UEMS-MS). Participante do Grupo de Pesquisa de Poéticas e Educação em Dança (GPPED - Núcleo CRI(s)ES)

Christiane Guimarães de Araújo, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Doutora e Mestra em Educação pela Universidade Católica Dom Bosco-MS (UCDB). Especialista em Arte Integrativa pela Anhembi Morumbi-SP. Graduada em Dança pela Faculdade de Artes do Paraná – PR (FAP). Docente no curso de Dança e Teatro da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul -MS (UEMS).Coordenadora do Grupo de Pesquisa de Poéticas e Educação em Dança (GPPED - Núcleo CRI(s)ES)

Referências

ARAÚJO, Christiane Guimarães de. A formação em Artes Cênicas (Teatro e Dança): contribuições para o trabalho e o bem-estar dos professores de arte de Campo Grande, MS. 2014. 133 f. Dissertação (Mestrado) – UCDB, Campo Grande, Mato Grosso do Sul, 2014.

AZEVEDO, Sonia Machado. O papel do corpo no corpo do ator. São Paulo: Perspectiva, 2009

BARBOSA, A. M.; EISNER, A.; OTT, R. W. (org.) Arte-educação: leitura no subsolo. São Paulo: Cortez, 1998.

BARBOSA, Ana Mae T. B. Polivalência não é interdisciplinaridade. São Paulo: Max Limonard, 1985.

BARBOSA, Ana Mae Tavares Bastos. et al. Arte-educação: leitura no subsolo. São Paulo: Cortez, 1997.

BARBOSA, Ana Mae. Arte-educação: Conflitos/Acertos. São Paulo: Max Limonad, 1984

BARBOSA, Ana Mae. (Org.). Arte/Educação contemporânea: consonâncias internacionais. 3ª ed. São Paulo: Cortez, 2010.

BARBOSA, Ana Mae. Tópicos utópicos. Belo Horizonte: Ed. C/Arte, 1998.

CORRÊA, Josiane Franken; SANTOS, Vera Lúcia Bertoni dos. Dança na Educação Básica: apropriações de práticas contemporâneas no ensino de dança. Revista Brasileira de Estudos da Presença, Porto Alegre, v. 4, n. 3, p.509-523, set./dez. 2014.

COSTAS, Ana Maria Rodriguez et al. Dança na educação básica: reflexões sobre o papel dos licenciados em dança na construção de saberes artí­sticos no contexto escolar. Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da Cena, Campinas, p.125-180, out. 2018.

DANTAS, Mônica. Dança: O enigma do movimento. Porto Alegre. Ed. Universidade UFRGS, 1999.

DANTAS, Mônica. De que são feitos os dançarinos de "aquilo..." criação coreográfica e formação de intérpretes em dança contemporânea. In: História da dança. Porto Alegre, Ed Movimento, 2005.

DELLA FONTE, Sandra Soares. Educação, Dança e Emancipação Humana. In: TEIXEIRA, Ana et al. ANDA: 10 anos de pesquisas em dança. Salvador: Kelps, 2018. p. 174-199.

DUARTE JÚNIOR, João Francisco. A montanha e o videogame: Escritos sobre educação. Coleção ígere. Papirus, Campinas, 2010.

DUARTE JÚNIOR, João Francisco. O sentido dos sentidos a educação (do) sensí­vel. 3 ed. Curitiba: Criar Edições, 2006.

DUARTE JÚNIOR, João-Francisco. Por que arte-educação? Campinas: Papirus, 1986.

FABIíO, Eleonora. Corpo Cênico, Estado Cênico. Revista Contrapontos, Rio de Janeiro, v. 10, n. 3, p. 321-326, set. 2010.

GALLO, Sí­lvio. Em torno de uma educação menor. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 27, n. 2, p.171-178, jul./dez. 2002.

IAVELBERG, Rosa et al. A formação de professores de arte: alcances e ilusão. Formação de professores: múltiplos enfoques. p. 181-192, 2013.

IAVELBERG, Rosa. Para gostar de aprender arte: sala de aula e formação de professores. Porto Alegre: Artmed, 2003

JAPIASSU, Ricardo Ottoni Vaz. Metodologia do ensino de teatro. Campinas: Papirus, 2012

JAPIASSU, Ricardo. A linguagem teatral na escola: pesquisa, docência e prática pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 2007.

MACHADO, Marina Marcondes. Cacos da infância: teatro da solidão compartilhada. São Paulo, Annablume, 2004.

MARQUES, Isabel A. Dançando na Escola. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

MARQUES, Isabel A. Dançando na Escola. Motriz, São Paulo, v. 3, n. 1, p.20-28, jun. 1997.

MARQUES, Isabel A. Ensino de dança hoje: textos e contextos. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

MARQUES, Isabel A. Linguagem da dança: arte e ensino. São Paulo: Digitexto, 2010.

MARQUES, Isabel A.. A dança no contexto: uma proposta para a educação contemporânea. Tese de doutorado. Universidade de São Paulo, 1996.

MILER, Jussara. A escuta do corpo: sistematização da técnica Klauss Vianna.São Paulo: Summus, 2007.

MILLER, Jussara. Qual é o corpo que dança?: dança e educação somática para adultos e crianças. São Paulo: Summus, 2012.

PENNA, Maura. Não basta tocar? Discutindo a formação do educador musical. Revista da ABEM, v. 15, n. 16, 2014.

PENNA, Maura. Professores de música nas escolas públicas de ensino fundamental e médio: uma ausência significativa. Revista da ABEM 10.7 (2014).

SOUZA, A. B. . Um Currí­culo da Dança ou para a Dança? In: IX ANPED SUL - Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul, 2012, Caxias do Sul. Anais do IX ANPED SUL - Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul., 2012.

STRAZZACAPPA, Mácia; MORANDI, Carla. Entre a arte e a docência: A formação do artista da dança. Campinas: Papirus, 2006

STRAZZACAPPA, Marcia M. H.. A tal "dança criativa": afinal, que dança não seria?. In: TOMAZZONI, Airton; WOSNIAK, Cristiane; MARINHO, Nirvana (Org.). Algumas perguntas sobre dança e educação. Joinville: Nova Letra, 2010. p. 39-46.

STRAZZACAPPA, Marcia. Educação e a fábrica de corpos: a dança na escola. Cadernos Cedes, ano XXI, n. 53, p. 69-83, abr. 2001.

STRAZZACAPPA, Márcia. (Org.) A formação do professor de dança. In: GONÇALVES, T., BRIONTES, H.; PARRA, D.; VIEIRA, C. Docência-Artista do Artista–Docente. Fortaleza: Expresso Gráfica e Editora, 2012.

STRAZZACAPPA, Marcia. A arte do espetáculo vivo e a construção do conhecimento: vivenciar para aprender. In: FRITZEN, Celdon; MOREIRA, Janine (Org.). Educação e Arte: Linguagens Artí­sticas na formação Humana. 2, ed. Campinas, SP: Papirus, 2011, p. 77-96.

STRAZZACAPPA, Marcia. Dançando na chuva... e no chão de cimento. In: FERREIRA, Sueli (Org.). O ensino das Artes. Construindo caminhos. Campinas, SP: Editora Papirus, 2011, p. 39-78.

STRAZZACAPPA, Marcia. Imersões poéticas como processo de formação do artista docente. Revista de Pesquisa em Arte ARJ. Natal, v. 1/2, p.96-111, jul./dez. 2014.

STRAZZACAPPA, Marcia. Profissão Professor de Dança: Uma breve cartografia do ensino de dança no Estado de São Paulo. Revista Moringa-Arte do Espetáculo. João Pessoa, v. 2, n. 2, 27-40, jul./dez. 2011.

TELLES, Narciso (org.). Pedagogia do Teatro: práticas contemporâneas na sala de aula. Campinas: Papirus, 2013

TIBÚRCIO, Larissa Kelly de Oliveira Marques. Rudolf Laban e o estudo coreológico: possibilidades para o ensino da Dança. In: TOMAZZONI, Airton; WOSNIAK, Cristiane; MARINHO, Nirvana (Org.). Algumas perguntas sobre dança e educação. Joinville: Nova Letra, 2010. p. 181-186.

Downloads

Publicado

2021-11-04

Edição

Seção

Eixo 1- Dossiê Temático