ANIMAÇÃO DE IMAGENS PARA FOTODOCUMENTÁRIOS - EFEITOS VISUAIS PARA PRODUÇÃO DE SENTIDO

Autores

  • Davi Jose di Giacomo Koshiyama UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Resumo

O fotodocumentário pode ser considerado uma categoria de documentário que se utiliza de imagens, fotos sequenciadas para compor sua narrativa. Este artigo visa adaptar animações e efeitos visuais utilizados em obras de animações, televisivas e cinematográficas dinâmicas para serem aplicados em imagens estáticas de fotodocumentários, auxiliando a produção de sentido neste contexto narrativo e ainda enriquecer e dinamizar visualmente a obra. Como metodologia foi utilizada pesquisa bibliográfica em áreas tangentes a este tema para identificar elementos epistêmicos da fotografia e elencar animações e efeitos possí­veis de adaptação para este contexto. Como resultado pôde-se adaptar e relacionar um ao outro, desta forma, imagens exibidas nesta modalidade de documentário poderão transpor mais informação do que simplesmente aparecendo estáticas ao longo do filme. A adição de efeito e animação em elementos e planos da imagem podem destacar ações, emoções, sinalizações, movimento e tendências dentro de um único elemento pictórico. Conclui-se neste estudo que sob o ritmo do áudio ou narração, estes recursos gráficos relacionados e adaptados para o contexto de fotodocumentário podem enriquecer e enfatizar a mensagem a ser passada na obra audiovisual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Davi Jose di Giacomo Koshiyama, UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Mestrado em Design pela UFRN. Pós-Graduação em Produção de Documentários. Pós-Graduação em Gestão Pública, Especialização em Desenho Educacional. Graduação em Comunicação Social (Publicidade e Propaganda) pela Fundação Armando Álvares Penteado FAAP/SP. Técnico em Processamento de Dados. Atualmente é Programador Visual do núcleo de materiais interativos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Comunicação, Marketing Institucional, Ensino a Distância, Design de Interação, Direção de Arte, Áudio Visual e Arquitetura da Informação. Criação de Sites (Brasil, EUA, Inglaterra). Autoração de Jogos, Materiais Didáticos, Ví­deos e Animações, com publicações bibliográficas na área.

https://orcid.org/0000-0001-6043-4677

Referências

BONI, Paulo César. O nascimento do fotodocumentarismo de denúncia social e seu uso como "meio" para transformações na sociedade. INTERCOM, Natal, 2008.

GURAN, Milton. Linguagem fotográfica e informação. Rio Fundo, Rio de Janeiro, 1992.

KOSHIYAMA, Davi. Análise de usabilidade: Paralaxe aplicada em interface de EaD. Revista PRISMA.COM, n.30, Porto, 2016.

MCGREGOR, Lewis. Understanding Tonal Values and the Importance of Contrast. The Beat, 2017. Disponí­vel em: <https://www.premiumbeat.com/

blog/understanding-tonal-values-and-contrast>. Acesso em: 2 de nov. de 2020.

MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. Cultrix, São Paulo, 1974.

MORAES, Rafael Castanheira Pedroso. Rupturas na fotografia documental brasileira: Claudia Andujar e a poética do (in)visí­vel. Discursos Fotográficos, v.10, n.16, Londrina, 2014.

NOGUEIRA, Luí­s. Manuais de Cinema III: Planificação e Montagem. Livros LabCom, Covilhã, 2010.

PLASENCIA, Clara. A condição do documento e a utopia fotográfica moderna. Tradução de Nuño Abreu. Barcelona: Museu d"™Art Contemporani de Barcelona, 2009.

POSSAMAI, Zita Rosane. Fotografia, História e Visitas Urbanas. História, v.27, n.2, São Paulo, 2008.

RIBEIRO, Thiago Franco. Animação em stop-motion: Tecnologia de produção através da história. Dissertação (Dissertação em artes) - Escola de Belas Artes, Belo Horizonte. 2009.

SOUZA, Jorge Pedro. Fotojornalismo: introdução í história, í s técnicas e í linguagem da fotografia na imprensa. Letras Contemporâneas, Florianópolis, 2004.

VANOYE, Francis e GOLIOT-LÉTÉ, Anne. Ensaio sobre a análise fí­lmica. Papirus, Campinas, São Paulo, 1994.

Downloads

Publicado

2021-11-04

Edição

Seção

Eixo 2- Seção outros temas