Teatro e História em Sin otro delito que ser su hijo, do dramaturgo chilenoperuano Sergio Arrau

Autores

  • Manuel Guerrero

DOI:

https://doi.org/10.33871/19805071.2011.7.1.1528

Resumo

O presente trabalho concentra"se na análise dos procedimentos de técnica
dramática empregados pelo autor chileno"peruano Sergio Arrau para relacionar
Teatro e História, na terceira peça da trilogia chamada Trí­ptico de Túpac Amáru. AHistória será entendida como uma construção feita por sujeitos inseridos em
determinados contextos sociais. O objetivo é estudar o lugar que permite ao
dramaturgo um ponto de vista crí­tico para o questionamento dos valores, relações depoder, preconceitos de raça e classe embutidos nas narrativas que visam perpetuaros mesmos. Na sua escrita dramática, o autor teatral deixa em evidência o traçoficcional de tais relatos e das mensagens que carregam.


Palavras"chave: Teatro histórico, Sergio Arrau, Teatro Peruano, Literatura Dramática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-06-01

Como Citar

GUERRERO, M. Teatro e História em Sin otro delito que ser su hijo, do dramaturgo chilenoperuano Sergio Arrau. Revista Cientí­fica/FAP, Curitiba, v. 7, n. 1, 2011. DOI: 10.33871/19805071.2011.7.1.1528. Disponível em: https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/revistacientifica/article/view/1528. Acesso em: 27 maio. 2024.