Um ponto de vista sobre o movimento improvisado nos territórios da dança e do teatro

Autores

  • Marina Elias

DOI:

https://doi.org/10.33871/19805071.2011.7.1.1526

Resumo

O Movimento Improvisado vem se estabelecendo desde a modernidade
como recurso de composição coreográfica e procedimento de ensino e
aprofundamento nas artes cênicas. Este artigo discute especificidades do Movimento
Improvisado que o singularizam, e cujos princí­pios podem ser pensados e legitimadosno espaço de discussão em dança e nas artes cênicas em geral, na
contemporaneidade. Este texto pretende problematizar o Movimento Improvisado
inclusive como linguagem técnico"poética, tendo como principal referência teóricocriativaa proposição de Movimento Total, feita por José Gil.

Palavras"chave: Movimento, improvisação, dança, artes da cena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-06-01

Como Citar

ELIAS, M. Um ponto de vista sobre o movimento improvisado nos territórios da dança e do teatro. Revista Cientí­fica/FAP, Curitiba, v. 7, n. 1, 2011. DOI: 10.33871/19805071.2011.7.1.1526. Disponível em: https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/revistacientifica/article/view/1526. Acesso em: 27 maio. 2024.