Sobre a Revista

Foco e Escopo

O Mosaico – Revista de Pesquisa em Artes do Campus Curitiba II FAP/ Unespar,abre chamadas semestrais, desde 2019. As submissões devem ser feitas exclusivamente através de cadastrodo autor no portal de periódicos da UNESPAR: http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/index.

A Revista O Mosaico, iniciada em 2009 pelo setor de Pesquisa e Pós-Graduação da FAP junto a um grupo de professores da instituição, tem por objetivo divulgar artigos, ensaios, resenhas, entrevistas, traduções, diários de bordo e memoriais descritivos, sob duas formas de chamadas: a) Dossiê Temático, com perí­odo e tema previamente definidos; b) Fluxo Contí­nuo para recebimento de trabalhos situados nas áreas de Artes Visuais, Artes do Ví­deo, Artes Cênicas, Cinema, Dança, Música e Teatro, nas suas mais variadas formas de análise disciplinar, fomentando, assim, o intercâmbio entre estudantes/graduandos e pesquisadores/as (graduados, especialistas, mestres, doutores, pós-doutores) de diversas instituições de ensino nacionais e internacionais.

* Artigos fora do domí­nio das Artes serão automaticamente recusados.

Todos os artigos publicados na revista passam pela avaliação do nosso Conselho Editorial, ou, quando for o caso, pela avaliação ad-hoc de especialistas convidados para a emissão de pareceres. Abaixo estão mais detalhes sobrecada um dos tipos de trabalho aceitos para publicação:


Artigos: compreende textos que contenham relatos completos de estudos oupesquisas concluí­das, matéria de caráter opinativo, revisões da literatura e colaboraçõesassemelhadas. Utiliza linguagem formal: objetividade, organização lógica dos tópicos, introdução e conclusão conectadas, problematização, metodologia explicitada e espí­rito analí­tico e crí­tico.

Ensaios: compreende textos que contenham uma exposição crí­tica e/ou poética sobre determinado assunto. Utiliza linguagem acadêmica ou opinativa, escrita em primeira pessoa. Pode ser um texto menos "˜formal' em sua linguagem e organização geral.

Resenhas: compreende análises crí­ticas de livros, periódicos, coletâneas ou obras audiovisuais, recentementepublicados/exibidos, como também de dissertações e teses disponí­veis online.

Memorial artí­stico-reflexivo [descritivo]: compreende um memorial – diário de bordo – de performance ou criação audiovisual ondeconstam informações sobre o conceito da obra e uma descrição detalhada do trabalho deprodução artí­stica.

Tradução: compreende a tradução de textos de estudos artí­sticos em lí­nguaestrangeira moderna para seu correlato em lí­ngua vernácula brasileira.

Entrevista: compreende o relato de pesquisadores, profissionais ou artistas quetenham sido interrogados sobre um objeto de estudo.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos recebidos serão previamente avaliados pela equipe editorial da Revista.

Aqueles que estiverem fora dos critérios editoriais descritos no item "˜Diretrizes para Autores' serão devolvidos e os demais,encaminhados aos pareceristas para avaliação. A análise será realizada sob a formade parecer formal. Todo processo é feito dentro do regime de anonimato, ou seja,sem que autores e pareceristas tenham ciência um do outro. Feita a análise, a equipeeditorial entrará em contato com o autor por e-mail para comunicar se o seu artigofoi aceito ou recusado. No caso de haver modificações sugeridas pelos pareceristas, oautor deverá atendê-las, tendo um prazo máximo de 15 dias para retornar o trabalhopor e-mail.

Os trabalhos serão avaliados quanto aos conteúdos teórico e empí­rico, à coerência e ao domí­nio a partir da literatura cientí­fica e artí­stica. Também pela contribuição paraa área especí­fica, atualidade do tema, estruturação do texto, metodologia e qualidade daredação.

Periodicidade

A Revista O Mosaico publica duas edições por ano com periodicidade semestral. Edições ou "˜Cadernos Especiais', poderão ser publicados a qualquer tempo.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princí­pio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento cientí­fico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.