VÁRIO: UMA INTERVENÇÃO URBANA PARA O FIM DO MUNDO

Diego Elias Baffi

Resumo


O ensaio contempla o contexto de criação e execução da intervenção urbana Canto para dormir!, que teve sua estreia em Portugal em novembro de 2017 e foi ofertada pelo artistapesquisador autor deste escrito para apresentação a domicílio em troca de pernoite. A ação, que envolvia elementos normalmente considerados dentro do espectro da dança, teatro, contação de história e arte relacional, encontrou morada em 19 das 22 noites consecutivas em que foi ofertada, sendo performada em 19 casas diferentes de 5 cidades, na companhia de 76 pessoas e 2 gatos. A ação é observada no ensaio em diferentes perspectivas, e este se torna um mosaico de contágios entre lar e arte a partir da ressignificação poética da memória e do cotidiano. Para isso, dialoga
com estudos das áreas de artes (especialmente de artistas cênicas em sua maioria ligadas ao c.e.m – centro em movimento), filosofia, geografia humanista, arquitetura, história e sociologia. A metodologia utilizada é da autoetnografia e o ensaio resultante busca uma construção formal na qual
a experiência de leitura reverbere a singularidade do acontecimento, no que vem se denominando escrita situada, escrita performativa ou translato poético.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Contato

Revista Científica / FAP
Rua dos Funcionários 1357 – Cabral
Curitiba - PR - 41 3250-7339 - 41 3250-7301
revistadeartes.fap@unespar.edu.br