A História de uma região nos filmes da Universidade da Beira Interior: silêncios, homenagens e inquietudes

Ana Catarina Pereira

Resumo


A revisitação da memória e a constituição de uma identidade são traços comuns a dois documentários recentemente realizados por exalunas da Universidade da Beira Interior. Da meia-noite pró dia foi concluído por Vanessa Duarte, em 2013, no final da licenciatura, e Trama constitui um projeto de final de mestrado da autoria de Luísa Soares. Após o processo de avaliação final, pelo corpo docente da instituição, os filmes têm sido distinguidos nacionalmente e elogiados pela sua importância tanto artística como sociológica. Em ambos, podem escutarse os depoimentos dos antigos operários e operárias do sector têxtil da Beira Interior, sem um recurso contínuo à imagem. Na primeira pessoa, revelam-se as principais dificuldades enfrentadas em tempos de crise política, económica e social, que deixaram marcas na postura, no discurso e nas percepções. Na presente reflexão, propomos analisar as diferentes visões das jovens cineastas, ao mesmo tempo em que reconheceremos traços urbanísticos e contextualizaremos séculos de História de uma indústria.

Palavras-chave: Têxtil. Memória. Beira Interior. Documentário.


Texto completo:

VISUALIZAR PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Contato

Revista Científica / FAP

Rua dos Funcionários 1357 – Cabral

Curitiba - PR - 41 3250-7339 - 41 3250-7301

revistadeartes.fap@unespar.edu.br