A entrada na carreira docente de professoras egressas do curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), unidade de Paranaíba-MS

Thaís Regina Miranda Martins, Milka Helena Carrilho Slavez

Resumo


Resumo

O tema abordado está voltado aos desafios de professoras no início da carreira docente. O ingresso na docência requer um olhar diferenciado, pois nesta fase, os professores podem passar por diversas experiências que muitas vezes são dificultosas, sendo marcadas por medos, incertezas e angústias. Desse modo, esta pesquisa tem como objetivo geral verificar as dificuldades e contribuições encontradas na entrada da carreira docente de doze professoras egressas do curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), unidade de Paranaíba-MS. Os objetivos específicos foram conhecer os problemas percebidos no início da profissão de professor, identificar os problemas voltados à prática docente em início de carreira, reconhecer problemas que envolvem a socialização e apontar contribuições da formação inicial para superação das dificuldades das professoras iniciantes. A investigação apoiou-se em estudos de Veenman (1988), tratando sobre dificuldades da profissão de professor e Huberman (1992), tratando sobre o ciclo de vida profissional do professor. A metodologia utilizada tem enfoque qualitativo e os procedimentos empregados para o desenvolvimento da pesquisa são questionários semiestruturados. Alguns resultados apontaram que as maiores dificuldades enfrentadas em sala de aula no início da carreira referem-se à indisciplina dos alunos e falta de recursos materiais para o trabalho pedagógico. Revela ainda um número significativo de egressos que conseguem estabelecer relações de aspectos teóricos que fizeram parte da formação acadêmica e um dos principais aspectos que acreditam ter contribuído significativamente para a formação profissional docente foi o estágio supervisionado.

Palavras-chave: Professoras iniciantes, Pedagogia, Carreira docente, Dificuldades.


Palavras-chave


Professoras iniciantes, Pedagogia, Carreira docente, Dificuldades.

Texto completo:

263-281

Referências


Referências

BOGDAN, R. BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação. Uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto, 1994.

BRITO, Â. X. LEONARDOS, A. C. A identidade das pesquisas qualitativas: construção de um quadro analítico. Cadernos de Pesquisa. São Paulo: FCChagas, n. 113, julho 2001, p. 7-38.

DUBAR, C. A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. Porto: Porto Editora, 1997, p. 30-37.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

HUBERMAN, M. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, António. Vidas de professores. Lisboa: Porto Editora, 1992. p. 31-61.

BRASIL. IBGE. Censo Demográfico, 2010. Disponível em: . Acesso em: Agosto, 2015.

LUDKE, M. Sobre socialização profissional de professores. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 99, p. 5-15, nov. 1996.

LIBÂNEO, J. C. Organização da Escola: teoria e prática. Goiânia: Alternativa, 2001.

MARCELO GARCIA, C. Pesquisa sobre a formação de professores. O conhecimento sobre aprender a ensinar. In: Revista Brasileira de Educação, n. 09, set-dez/1998.

NONO, M. A. MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Processos de formação de professoras iniciantes. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 87, n. 217, p. 382-400, set./dez. 2006.

NÓVOA, A. Professores imagens do futuro presente. Lisboa: EDUCA, 2009.

PENNA, M. G. de O. Professor iniciante: considerações sobre aspectos dos habitus familiar e a socialização na docência. In: GIOVANNI, Luciana Maria; MARIN, Alda Junqueira. Professores iniciantes: diferentes necessidades em diferentes contextos. Araraquara, SP. Junqueira & Marin: 2014.

PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. Professor reflexivo no Brasil: Gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez, 2006.

Projeto Político Pedagógico do Curso de Pedagogia. Disponível em: http://www.uems.br/graduacao/curso/pedagogia-licenciatura-paranaiba/projeto_pedagogico. Acesso em: 20 set. 2015.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 14. Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012. p. 31-55.

VEENMAN, S. El proceso de llegar a ser professor: um análisis de la formación inicial. IN: VILLA, Aurelio (coord). Perspectivas y problemas de la función docente. Madri: Narcea, 1988.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.