Memórias de Paulo Freire: constituição de uma teoria e contribuições à Educação Social

Franciele Clara Peloso

Resumo


Este ensaio contextualiza a história do educador Paulo Freire, apresentando as suas memórias de infância, de adolescência, de juventude e idade adulta, no intuito de sublinhar a importância que cada momento representa ter na construção do seu pensamento. Através de revisão de literatura a respeito da vida de Paulo Freire em suas próprias obras e, também, em algumas biografias, escritas por outros autores, foi possível realizar um levantamento sobre a sua história e as influências de sua infância, bem como da sua adolescência, da sua juventude e idade adulta como questões fundantes para a construção do seu pensamento e a partir disso evidenciar suas contribuições para a educação social. Nesse sentido, a vida de Paulo Freire reflete a busca coerente, de tornar mais claras, as ligações entre política e educação, resultando em uma pedagogia ética para a transformação social, causa a que dedicou boa parte de sua vida, de seus estudos, de suas lutas e que resultam em suas contribuições à área da educação social.


Texto completo:

72-96

Referências


BOSI, Ecléa. Memória e sociedade: lembranças de velhos. 3 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Paulo freire, o menino que lia o mundo: uma história de pessoas, de letras e de palavras. São Paulo: UNESP, 2005.

FARIA, Ana Lúcia Goulart de. Educação pré-escolar e cultura: para uma Pedagogia da Educação Infantil. 2. Ed. Campinas: Editora da Unicamp; São Paulo: Cortez, 2002.

PELOSO, Franciele Clara. Paulo Freire e a Educação da Infância das classes populares em reflexões, imagens e memórias reveladas, 2009. 165f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual de Ponta Grossa. Ponta Grossa, 2009.

FREIRE, Ana Maria Araújo. A voz da esposa: a trajetória de Paulo Freire. In: GADOTTI, M. (org). Paulo Freire: uma biobliografia. São Paulo: Cortez/Instituto Paulo Freire; Brasília: Unesco, 1996b. p. 27-64.

FREIRE, Paulo; GUIMARÃES, Sérgio. Sobre educação (Diálogos), Vol. 1. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

FREIRE, Paulo; FAUNDEZ, Antonio. Por uma pedagogia da pergunta. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

FREIRE, Paulo; SHOR, Ira. Medo e ousadia: o cotidiano do professor. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 21. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996a.

FREIRE, Paulo. Pedagogia dos sonhos possíveis. São Paulo: UNESP, 2001.

FREIRE, Paulo; GUIMARÃES, Sérgio. Aprendendo com a própria história II. 2 ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

FREIRE, Paulo. Cartas a Cristina: reflexões sobre minha vida e minha práxis. 2 ed. São Paulo: Unesp, 2003.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da tolerância. São Paulo: UNESP, 2004.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 40 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 48 ed. São Paulo: Cortez, 2006a.

FREIRE, Paulo. À sombra desta mangueira. 8 ed. São Paulo: Olho D’Agua, 2006b.

FREIRE, Paulo. Educação na cidade. 7 ed. São Paulo: Olho d´água, 2006c.

FREIRE, Paulo; BETTO, Frei. Essa escola chamada vida: depoimentos ao repórter Ricardo Kotscho. 14 ed. São Paulo: Ática, 2007.

GADOTTI, Moacir. Convite a leitura de Paulo Freire. São Paulo: Scipione, 1989.

GADOTTI, Moacir. A voz do biógrafo brasileiro: a prática à altura do sonho. In: ______. Paulo Freire: uma biobliografia. São Paulo: Cortez/Instituto Paulo Freire; Brasília: Unesco, 1996.

GADOTTI, Moacir. Educação Popular, Educação Social, Educação Comunitária: conceitos e práticas diversas, cimentadas por uma causa comum. In: Revista Diálogos: pesquisa em extensão universitária. IV Congresso Internacional de Pedagogia Social: domínio epistemológico. Brasília, v.18, n.1, dez, 2012.

GHIRALDELLI, Paulo. História da Educação Brasileira. 2ed. São Paulo: Moderna, 2006

MAFRA, Jason. A conectividade radical como princípio e prática da educação em Paulo Freire. Tese (Doutorado em Educação – Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo), 2007. 262f.

OLIVEIRA, Zilma de Morais Ramos de. Educação Infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

ROMÃO, José Eustáquio. Educação. In: STRECK, Danilo R. [et al] (orgs). Dicionário Paulo Freire. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010. p. 133-134.

PALUDO, Conceição. Educação Popular. In: STRECK, Danilo R. [et al] (orgs). Dicionário Paulo Freire. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010. p. 139-141.

SCOCUGLIA, Afonso Celso. A progressão do pensamento político-pedagógico de Paulo Freire. In: Carlos A. T. (Org.). Paulo Freire e a agenda da educação latino-americana no século XXI. Buenos Aires: CLACSO - Conselho Latino-americano de Ciências Sociais, 2001, v. 1, p. 323-348.

TORRES, Carlos. Alberto. A pedagogia política de Paulo Freire. In: APPLE, M.; NÓVOA, A. (orgs). Paulo Freire: política e pedagogia. Portugal: Porto, 1998, p. 47-68.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.