TAPEÇARIA CONTEMPORÂNEA PORTUGUESA E SUA ORIGEM NO FEMININO - FIGURAS FUNDADORAS: MARIA FLÁVIA DE MONSARAZ E GISELLA SANTI

Autores

  • Ana Maria do Nascimento Gonçalves
  • Teresa Lousa FSCH - CHAM

Palavras-chave:

Arte Têxtil Contemporânea, Tapeçaria, Género, Portugal, Mulheres Artistas

Resumo

Este artigo visa apresentar uma pequena reflexão sobre a origem feminina da Tapeçaria Contemporânea Portuguesa (TCP), partindo de uma breve contextualização alicerçada na História da Arte e a sua relação com a questão de Género. Para refletir especificamente sobre o caso da TCP que, desde cedo, teve raí­zes no associativismo contando com mulheres portuguesas e estrangeiras a residir em Lisboa, precisamos recuar até à fundação do Grupo 3.4.5. – Tapeçaria Contemporânea Portuguesa (1978) e debruçarmo-nos sobre o percurso artí­stico de Maria Flávia de Monsaraz (1935) e de Gisella Santi (1922-2006). Foram essencialmente estas duas figuras que, num contexto extremamente adverso à afirmação da mulher artista, lançaram as bases do que hoje é aceite, tanto em contexto institucional como académico, como arte têxtil de pleno direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Maria do Nascimento Gonçalves

Colabora em projectos comunitários da unidade curricular (UC) de Tapeçaria da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa (FBAUL), Investigadora Associada do CINAMIL (Academia Militar), Mestre em Ciências da Arte e do Património pela FBAUL (2016), Licenciada em Educação Social pela ESECS do Instituto Politécnico de Leiria (IPL), com Especialização Tecnológica em Serviço Social e Desenvolvimento Comunitário (IPL) e o Curso Complementar de Artes dos Tecidos da Escola Secundária António Arroio (1989-1991).

Teresa Lousa, FSCH - CHAM

Professora Auxiliar Convidada na FBAUL, Investigadora Integrada do CHAM onde é Vice-Coordenadora da Linha de Investigação em Cultura, história e pensamento ibéricos e ibero-americanos, Doutorada em Ciências da Arte e do Património pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, (2013) Mestre em Teorias da Arte (2005) pela mesma faculdade e Licenciada em Filosofia, FCSH da Universidade Nova de Lisboa, (2000).

Downloads

Publicado

2018-06-10

Edição

Seção

Artigos