A CIDADE DOS MORTOS: O MUNDO IMAGINÁRIO DO ARTISTA POLONÊS ZDZISLAW BEKSINSKI

Autores

  • Valéria Metroski Alvarenga Universidade do Estado de Santa Catarina

Palavras-chave:

Artes Visuais, Literatura, Interdisciplinaridade, Surrealismo polonês

Resumo

O artista polonês Zdzislaw Beksinski (1929-2005) ficou conhecido como o artista que "fotografava sonhos" . Suas obras costumam ser associadas ao Surrealismo ou Realismo Fantástico, sendo o grotesco a categoria estética preferida desse artista. Elencamos algumas pinturas onde ele retratou a cidade e buscamos aproximações com textos literários, por meio da montagem, tendo por base a noção de que a imagem é um vestí­gio, assim como uma impressão da memória e da imaginação e, portanto, sua compreensão sempre será lacunar e anacrônica (Didi-Huberman, 2012). Observamos que muitas obras desse artista dialogavam com as descrições das Cidades Invisí­veis de Ítalo Calvino (1923-1985), principalmente quando este descreve a cidade e os mortos; com alguns contos macabros de Edgar Alan Poe (1809-1849) e com as descrições da vida além-túmulo de Dante Alighieri (1265-1321) na Divina Comédia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valéria Metroski Alvarenga, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutoranda em Artes Visuais (UDESC)

Professora de Arte (SEED/PR)

Downloads

Publicado

2017-12-19

Edição

Seção

Artigos