O USO DO BARALHO GEOMÉTRICO PARA DESENVOLVER O CONTEÚDO DE PLANIFICAÇÃO DE FIGURAS ESPACIAIS

Autores

Resumo

Diante de algumas experiências vivenciadas pelos autores deste trabalho, observou-se a dificuldade que vários alunos do Ensino Fundamental possuem na visualização de sólidos geométricos e na montagem de figuras espaciais a partir de suas planificações. Mediante esse fato, estes autores elaboraram um jogo de cartas, denominado “Baralho Geométrico”, cuja proposta é auxiliar, de forma lúdica e dinâmica, na compreensão da construção de sólidos geométricos por meio de figuras planas. O objetivo deste trabalho é relatar experiências com o jogo Baralho Geométrico em duas oficinas: para docentes no Curso de Extensão em Educação Matemática para Professores de Seropédica – RJ e para alunos do Ensino Fundamental de uma escola do Município de Seropédica – RJ, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2019. Primeiramente, realizou-se a oficina com sete professores de Matemática do Ensino Fundamental, que tiveram a oportunidade de testar o jogo e avaliá-lo oralmente e por meio de um questionário. A oficina com professores trouxe várias reflexões sobre o tema, além de sugestões para a melhoria da dinâmica do jogo.  Depois realizou-se a oficina com treze alunos do 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública, implementando várias sugestões apresentadas por professores participantes da primeira oficina. A partir do desenvolvimento da atividade com os alunos, foram constatados resultados satisfatórios, principalmente em relação ao envolvimento dos estudantes com o jogo em questão e à aparente melhoria na associação de sólidos geométricos com suas planificações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília: MEC/SEB, [2018]. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 03 set. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental - Matemática. Brasília: MEC/SEF, [1998]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/matematica.pdf. Acesso em: 03 set. 2021.

CHAVES, J. O. Geometria Espacial no Ensino Fundamental: uma reflexão sobre as propostas metodológicas. 2013. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013. Disponível em: https://sca.profmat-sbm.org.br/sca_v2/get_tcc4.php?cod=392_0e82dfb92348625aef48c8787a26e6ec37ea991a. Acesso em: 03 set. 2021.

COMO PLASTIFICAR em casa/plastificação com ferro de passar/Luciana Sirio Artes. [São Carlos: s. n.], 2018. 1 vídeo (5 min). Publicado pelo canal Luciana Sirio Livros sensoriais. Disponível em: https://youtu.be/go4vhXsRask. Acesso em: 02 nov. 2021.

COSTA, M. C. A. et al. O lúdico na Educação Infantil: jogar, brincar, uma forma de educar. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, São Paulo, ano 5, v. 4, ed. 8, p. 1-18, ago. 2020. Disponível em: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/educacao/jogar-brincar. Acesso em: 05 abr. 2022.

DONATTI, J. A. et al. O uso do jogo Pife Matemático como Ferramenta de Aprendizagem: uma prática pedagógica na EJA. In: ENCONTRO MATOGROSSENSE DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA, 1., 2018, Tangará da Serra. Anais [...]. Tangará da Serra: SBEM-MT, 2018. p. 1-12. Disponível em: https://www.sbemmatogrosso.com.br/eventos/index.php/emapem/2018/paper/view/187/191.

Acesso em: 03 set. 2021.

GRANDO, R. C. O Conhecimento Matemático e o Uso de Jogos na Sala de Aula. 2000. 224 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000. Disponível em: http://matpraticas.pbworks.com/w/file/fetch/124818583/tese_grando%281%29.pdf. Acesso em: 05 abr. 2022.

GRANDO, R. C. Recursos didáticos na Educação Matemática: jogos e materiais manipulativos. Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica, Vitória, v. 5, n. 2, p. 393-416, out. 2015. Disponível em: https://ojs.ifes.edu.br/index.php/dect/article/view/117/114. Acesso em: 05 abr. 2022.

LECRER, O. P. V. G.; PAZUCH, V. O ensino de Geometria Espacial: um panorama de pesquisas por meio de uma metassíntese. Revista Paranaense de Educação Matemática, Campo Mourão, v. 9, n. 20, p. 38-61, nov./dez. 2020.

LEIVAS, J. C. P. Habilidade de Visualização com Alunos da Licenciatura em Matemática em Geometria Espacial. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 5., 2012, Petrópolis. Anais [...]. Petrópolis: SBEM, 2012. p. 1-19. Disponível em: http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/files/v_sipem/PDFs/GT04/CC14171090091_A.pdf. Acesso em: 03 set. 2021.

MASSA, M. S. Ludicidade: da etimologia da palavra à complexidade do conceito. Aprender: Cad. de Filosofia e Psic. da Educação. Vitória da conquista, ano 9, n. 15, p. 111-130, 2015. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/aprender/article/view/2460/2029. Acesso em: 05 abr. 2022.

Downloads

Publicado

06-06-2022

Como Citar

Clemente, T. D. ., Menezes, E. H. S. de ., Suemitsu, L. T. ., & Barbosa, A. M. . (2022). O USO DO BARALHO GEOMÉTRICO PARA DESENVOLVER O CONTEÚDO DE PLANIFICAÇÃO DE FIGURAS ESPACIAIS. REVISTA PARANAENSE DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 11(24), 481–504. Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/rpem/article/view/6723

Edição

Seção

Relatos de Experiência