ENSINO-APRENDIZAGEM REMOTO EM DANÇA ESCOLAR

PROCESSOS COGNITIVOS EM TRANSFORMAǘÃO

Autores

  • Elke Siedler
  • Marila Velloso
  • Larissa Lorena Oliveira

Palavras-chave:

Dança, Ensino, Corpo-ambiente, Cognição, Tecnologia

Resumo

RESUMO: O artigo apresenta um recorte de discussão de pesquisa em andamento no Mestrado Profissional em Artes, da Universidade do Estado do Paraná, cujo enfoque está em entender possíveis transformações de movimentos corporais em estudantes, no contexto de educação em dança escolar, em ensino online. A metodologia contempla uma pesquisa bibliográfica acerca de noções sobre os processos cognitivos, na perspectiva de umwelt (VIEIRA, 2008), de corpomídia (KATZ; GREINER, 2005), de percepção enativa (NOË, 2004) e de mente estendida (CLARK, 2003). Parte-se de articulações teóricas e percepções da experiência empírica da docência em disciplinas de dança, no ensino fundamental II, de escolas privadas do Paraná e no âmbito de graduação onde atuam duas das autoras, para iniciar reflexões acerca de situações que problematizam e apontam para transformações no movimento corporal, durante os processos de ensino-aprendizagem em dança, no contexto da pandemia do SARS-COV-2 (2020-21).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elke Siedler

Artista docente e professora colaboradora da Licenciatura e Bacharelado em Dança (UNESPAR). Doutora em Comunicação e Semiótica (PUC/SP), Terapeuta Corporal (UNIASSELVI e Ibrate) e Instrutora de Yoga.

Marila Velloso

Artista da dança, Doutora em Artes Cênicas pela UFBA (2011), Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP é professora do Mestrado Profissional em Artes e dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em Dança da Unespar. Líder do Grupo de Pesquisa em Dança. Professora de Body-Mind Centering. Está na Assessoria de Relações Internacionais ds SETI/PR

Larissa Lorena Oliveira

Mestranda em Artes UNESPAR -(PPGARTES), graduada em Arte na Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO-PR 2018). Atuou como professora da rede privada e como professora substituta na rede federal (IFPR-UV). 

Referências

CLARK, Andy. Natural-born cyborgs. Minds, Technologies and the future of human intelligence. New York: Oxford University Press, 2003.

_____. Somos todos cyborgs. Época, edição 580, 2009. Entrevista concedida a Marcela Buscato. Disponível em: <http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI79112-15224,00-SOMOS+TODOS+CYBORGS.htm>. Acesso em: 14 jan. 2022.

DAWKINS, Richard. The extended phenotype. Nova York: Oxford University Press, 1999.

_____. Desvendando o arco-íris. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

_____. O gene egoísta. Belo Horizonte: Itatiaia, 2001.

GODOY-DE-SOUZA, Helio Augusto; KUBOTA, Renan C. A imagem figurativa Estéreo 3D: representação do espaço e Umwelt humano. Sessões do Imaginário, v. 17, n. 28, p. 51-64, 2012.

GREINER, Christine. O corpo: pistas para estudos indisciplinares. São Paulo: Annablume, 2005.

_____. O corpo em crise, novas pistas e o curto-circuito das representações. São Paulo: Annablume, 2010.

KATZ, Helena. Visto de entrada e controle de passaporte da dança brasileira. In: CAVALCANTI, Lauro (Org.). Tudo é Brasil. São Paulo: Itaú Cultural, 2004. p. 121-131.

KATZ, Helena; GREINER, Christine. Por uma teoria do corpomídia. In: GREINER, Christine (Org.). O corpo: pistas para estudos interdisciplinares. São Paulo: Annablume, 2005. p. 125-133.

LEWONTIN, Richard. A tripla hélice: gene, organism e ambiente. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

MATURANA, Humberto. Cognição, ciência e vida cotidiana. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2001.

NOË, Alva. Action in perception. Cambridge: The MIT Press, 2004.

SIEDLER, Elke. Redesenhos políticos do corpo: uma análise de modos de circulação e concepção da dança on e off-line. 2016. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), São Paulo, 2016.

TSCHACHER, Wolfgang; DAUWALDER, Jean-Pierre. The dynamical systems approach to cognition. Singapura: World Scientific, 2003.

VELLOZO, Marila Annibelli. Parâmetros coevolutivos e contextos políticos para analisar e desenvolver modos de criação. Revista Aspas, v. 6, p. 46-56, 2017.

VIEIRA, Jorge Albuquerque. Formas de conhecimento: arte e ciência. Uma visão a partir da complexidade: teoria do conhecimento e arte. 2. ed. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2008. v. 1.

Downloads

Publicado

2022-07-20