ARTE E SUSTENTABILIDADE

UPCYCLING ART E SEUS REFLEXOS NA ESCULTURA CONTEMPOR NEA

Autores

  • Ticiano Nemer Centro de Investigação e de estudos em Belas-Artes (CIEBA): grupo de investigação em Escultura, Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa

Palavras-chave:

sustentabilidade, upcycling art;, escultura, fábrica Mundet

Resumo

A preservação do nosso planeta é uma das problemáticas mais importantes nos tempos atuais, sendo objeto de grande preocupação e intensos debates. Dentre os diversos conceitos que emergiram dessa discussão, a noção de sustentabilidade vem ganhando relevância e aplicabilidade em todos os âmbitos da nossa sociedade, reverberando de forma particularmente aguda na arte contemporânea. Preocupados com questões emergenciais que colocam em risco o futuro da humanidade, da natureza e da Terra, muitos dos artistas atuais buscam implementar a prática sustentável como elemento norteador de sua poética artí­stica. O presente artigo busca estudar essa relação entre a arte e a sustentabilidade, aprofundando a sua análise através da compreensão do conceito de Upcycling Art e dos seus reflexos na escultura contemporânea. Para melhor ilustrar essa investigação, será apresentado a atual práxis escultórica do próprio autor, realizada na fábrica Mundet, no Seixal, Portugal. Essa pesquisa pretende demonstrar como o Upcycling Art consegue desempenhar um importante papel sociocultural, econômico e ambiental, usando a sustentabilidade como instrumento de denúncia, de conscientização e de transformação comportamental.

Palavras-chave: sustentabilidade; upcycling art; escultura; fábrica Mundet.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ticiano Nemer, Centro de Investigação e de estudos em Belas-Artes (CIEBA): grupo de investigação em Escultura, Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa

Artista plástico e pesquisador. Doutorando em Belas-Artes, especialidade: Escultura pela Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa. Mestre em Esculturapela Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa. Bacharel em Artes-Plásticas, especialidades: escultura, cerâmica e gravura pela Escola Guignard, Universidade do Estado de Minas Gerais. Atualmente é investigador cientí­fico pelo Centro de Investigação e de estudos em Belas-Artes (CIEBA): grupo de investigação em Escultura, pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.

Referências

BRAUNGART, Michael; MCDONOUGH, William. Cradle to Cradle : remaking the way we make things. New York:North Point Press , 2002.

DILLON, Brian. Ruins. London: Whitechapel Gallery, 2011.

MAKARIUS, Michel. Ruines: Représentations dans l"™art de la Renaissance í nos jours. Paris: Flammarion, 2011.

MOSER, Walter. Esthétiques du déchet. In: VILLENEUVE, Johanne; NEVILLE, Brian; DIONNE, Claude. La mémoire des déchets: essais sur la culture et la valeur du passé. Québec: Nota Bene, 1999.

RUSKIN, John. A Lâmpada da Memória, trad. M.L. Pinheiro. São Paulo: Ateliê Editorial, 2015

ZIMRING, Carl A. Upcycling in History: Is the Past a Prologue to a Zero-Waste Future? The Case of Aluminum. In: "A Future without Waste? Zero Waste in Theory and Practice," edited by Christof Mauch, RCC Perspectives: Transformations in Environment and Society 2016, no. 3, 45–52. doi.org/10.5282/rcc/7542.

Downloads

Publicado

2022-07-20