Os Pilares da Baianidade Negra"Soteropolitana Reflexões sobre o espetáculo Sonho De Uma Noite De Verão do Bando De Teatro Olodum

Autores

  • Geraldo Francisco dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.33871/19805071.2011.7.1.1529

Resumo

Este artigo reflete sobre a baianidade no espetáculo "Sonho de uma Noite
de Verão" da Cia Bando de Teatro Olodum. Os componentes da encenação, dança,música, figurino e corporeidade, são concebidos como arenas da baianidade. Emdecorrência da metodologia adotada por esse grupo de teatro, considera"se naencenação a constituição de uma baianidade negra"soteropolitana, construí­da nosprincí­pios da teatralidade e da pré"expressividade que evidenciam a presença cênicado ator. A partir da leitura bibliográfica, compreende"se que a adoção de técnicaespecí­fica para a composição de personagens possibilita e auxilia o ator a exprimirtraços identitários na encenação.

Palavras"chave: Baianidade. Bando de Teatro Olodum. Sonho de uma Noite de Verão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-06-01

Como Citar

SANTOS, G. F. dos. Os Pilares da Baianidade Negra"Soteropolitana Reflexões sobre o espetáculo Sonho De Uma Noite De Verão do Bando De Teatro Olodum. Revista Cientí­fica/FAP, Curitiba, v. 7, n. 1, 2011. DOI: 10.33871/19805071.2011.7.1.1529. Disponível em: https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/revistacientifica/article/view/1529. Acesso em: 26 maio. 2024.