EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA PARA A AGRICULTURA FAMILIAR

Autores

  • Alan Figueiredo de Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais
  • Lúcio Carlos Gonçalves Universidade Federal de Minas Gerais
  • Matheus Anchieta Ramirez Universidade Federal de Minas Gerais
  • Guilherme Lobato Menezes Universidade Federal de Minas Gerais
  • Frederico Patrus Ananias de Assis Pires Universidade Federal de Minas Gerais
  • Pamella Grossi de Sousa Universidade Federal de Minas Gerais
  • Gustavo Henrique Silva Camargos Universidade Federal de Minas Gerais
  • Luana Teixeira Lopes Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Interdisciplinar, Metodologia

Resumo

: A extensão universitária no meio rural pode gerar benefí­cios mútuos para as universidades e as populações locais. Assim, objetivou-se descrever e avaliar as ações do projeto de extensão universitária "Ações para desenvolvimento da bovinocultura leiteira para agricultura familiar no municí­pio de Felixlândia-MG" . O projeto foi realizado no perí­odo de 08/2017 a 12/2019 em parceria da Escola de Veterinária da UFMG com a Prefeitura Municipal de Felixlândia-MG com o objetivo de oferecer assistência técnica e extensão rural (ATER) a produtores de leite do municí­pio. Foram atendidos continuamente 15 produtores de leite do municí­pio, sendo realizadas 200 visitas técnicas ao longo do perí­odo. Do ponto de vista universitário houve a inclusão de oito estudantes de pós-graduação e 23 de graduação. A avaliação das propriedades mostrou que aquelas patronais apresentaram maior uso de tecnologias e alcançaram maior volume de produção. Entretanto, a utilização de tecnologias mais modernas não garantiu maior eficiência produtiva destas propriedades. Os resultados obtidos pelo programa indicam que a ATER junto a produtores de leite deve ser contí­nua, agir promovendo o livre debate sobre os sistemas produtivos e adequar as tecnologias disponí­veis às caracterí­sticas de cada propriedade. As melhorias implementadas nas propriedades a partir do projeto possibilitaram aumento na eficiência da produção e melhor inserção dos produtos nos mercados. As ações voltadas para a agricultura familiar possibilitaram o atendimento de um grupo social historicamente não atendido pela ATER no Brasil. O projeto gerou impactos positivos para o municí­pio por meio do aumento da produção e da qualidade do leite e para a universidade por meio da ampliação dos espaços de aprendizagem para os estudantes e a curricularização de ações extensionistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alan Figueiredo de Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando em Zootecnia pela Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Lúcio Carlos Gonçalves, Universidade Federal de Minas Gerais

Adjunto da Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Zootecnia, Escola de Veterinária, Belo Horizonte, Brasil.

Matheus Anchieta Ramirez, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor Adjunto da Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Zootecnia, Escola de Veterinária, Belo Horizonte, Brasil.

Guilherme Lobato Menezes, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando em Nutrição de Ruminantes pela Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Frederico Patrus Ananias de Assis Pires, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando em Nutrição de Ruminantes pela Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Pamella Grossi de Sousa, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda em Zootecnia pela Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Gustavo Henrique Silva Camargos, Universidade Federal de Minas Gerais

Estudante de Medicina Veterinária na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Luana Teixeira Lopes, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduanda em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Referências

Abramovay, Ricardo. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. São Paulo: Edusp, 2012.

Alves, Amanda Cristina Diniz. As práticas extensionistas da Emater frente í Polí­tica Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural–um estudo na microrregião de Pará de Minas/MG. Revista de Extensão e Estudos Rurais, Viçosa, v. 6, n. 2, p. 26-44, 2017.

Alves, Eliseu Roberto de Andrade. Polí­ticas agrí­colas e extensão rural. Revista de Polí­tica Agrí­cola, Brasí­lia, n. 3, p. 3-8, 2018.

Alves, Eliseu R. A.; Santana, Carlos A. M.; Contini, Elí­sio. Extensão rural: seu problema não é a comunicação. In: Vieira Filho, José Eustáquio Ribeiro et al. (Org.). Agricultura, transformação produtiva e sustentabilidade. Brasí­lia: Ipea, 2016. Cap. 2, p.65-86.

Alves, Eliseu R. A.; Souza, Geraldo S.; Santana, Carlos A. M. Pobreza e sustentabilidade. Revista de Polí­tica Agrí­cola, Brasí­lia, n. 4, p. 63-81, 2016.

Alves, Eliseu Roberto de Andrade et al. Imperfeições de mercado e pobreza rural. Revista de Polí­tica Agrí­cola, Brasí­lia, n. 4, p.77-84, 2019.

Belik, Walter. A heterogeneidade e suas implicações para as polí­ticas públicas no rural brasileiro. Revista de Economia e Sociologia Rural, Piracicaba, v. 53, n. 1, p. 9-30, 2015.

Brasil. Ministério do Desenvolvimento Agrário. Polí­tica Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural. Brasí­lia, 2004.

Callou, Angelo Brás Fernandes; Pires, Maria Luiza; Leitão, Mª do R. F. Andrade; Tauk Santos, Maria Salett. O estado da arte do ensino de extensão rural no Brasil: relatório de pesquisa. Recife : Artimpresso, 2008. 141 p

Caporal, Francisco Roberto. Bases para uma nova ATER Pública. Revista Extensão, Santa Maria, v. 10, p. 1-20, 2003.

Cerri, Carlos Clemente et al. Assessing the carbon footprint of beef cattle in Brazil: a case study with 22 farms in the State of Mato Grosso. Journal of Cleaner Production, São Paulo, v. 112, p. 2593-2600, 2015.

Deslandes, Maria Sônia.; Arantes, ílisson Rabelo. A extensão universitária como meio de transformação social e profissional. Sinapse Múltipla, Betim, v. 6, n. 2, p. 179-183, 2017.

Ellis, Frank. Peasant economies: Farm households and agrarian development. Reino Unido: Cambridge University Press. 1988.

Fávero, Maria de Lourdes de A. 1977. A universidade brasileira em busca de sua identidade. Petrópolis, Vozes.

Fonseca, Maria Teresa Lousa. A extensão rural no Brasil, um projeto educativo para o capital. São Paulo: Loyola, 1985.

Freire, Paulo. Extensão ou comunicação?. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

Gomes, Adriano Provezano et al. Assistência técnica, eficiência e rentabilidade na produção de leite. Revista de Polí­tica Agrí­cola, Brasí­lia, v. 27, n. 2, p. 79, 2018.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatí­stica. Censo Agropecuário 2017: Dados Definitivos. Disponí­vel em: < https://www.ibge.gov.br/estatisticas/economicas/agricultura-e-pecuaria/21814-2017-censo-agropecuario.html>. Acesso em: 21 junho 2020.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatí­stica. Cidades. Disponí­vel em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/felixlandia/panorama >. Acesso em: 21 junho 2020.

Oliveira, Alan Figueiredo de et al. Configuração histórica do setor agrário brasileiro. In: Gonçalves, Lúcio C.; Ramirez, Matheus A.; Oliveira, Alan F. de. (Org.). Tópicos de Setor Agrário e de Extensão Rural. Belo Horizonte: FEPMVZ, 2019a. Cap. 1, p.1-20.

Oliveira, Alan Figueiredo de et al. Configuração histórica do setor agrário brasileiro. In: Gonçalves, Lúcio C.; Ramirez, Matheus A.; Oliveira, Alan F. de. (Org.). Tópicos de Setor Agrário e de Extensão Rural. Belo Horizonte: FEPMVZ, 2019b. Cap. 7, p.82-92.

Prado, Erly do.; Ramirez, Matheus Anchieta. Agricultura Familiar e extensão rural no Brasil. Belo Horizonte: FEPMVZ, 2011.

Samborski, Tarcí­sio.; Silveira, Vicente C. P. da.; Samborski, Andrea M. M. Teoria da ação comunicativa e extensão rural. Revista de Extensão e Estudos Rurais, Viçosa, v. 6, n. 2, p. 11-25, 2017.

Santos, Boaventura Souza, 2004. A Universidade no século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da Universidade. São Paulo: Cortez

Sousa, Ana Luiza Lima, 2000. A História da Extensão Universitária. Campinas, SP: Alí­nea.

Suplan/Abeas. Relatório Final: Programa de Ensino de Extensão Rural, 1978/1979.

Zuin, Luí­s F. S.; Zuin, Poliana B.; Manrique, Miguel A. A. D. A comunicação dialógica como fator determinante para os processos de ensino-aprendizagem que ocorrem na capacitação rural: um estudo de caso em um órgão público de extensão localizado no interior do Estado de São Paulo. Ciência Rural, Santa Maria, v. 41, n. 5, p. 917-923, 2011.

Downloads

Publicado

2021-12-06