Dando tempo ao tempo: experiências com o tempo na prática teatral pandêmica online

Autores

  • Angela Stadler de Paula Macedo UNESPAR

Palavras-chave:

Temporalidade no teatro, Laboratório teatral, Tempo na cena, Pedagogia da experiência

Resumo

Relato de pesquisa prático-teórica que investigou o tempo e alguns de seus vocábulos adjacentes, e procurou estabelecer relações entre conceitos e experimentos sencientes. Isto se deu através da consonância de experiências em laboratórios tecnovivos Dubátticos, com base no conceito de duração de Henri Bergson, e seus princípios pragmáticos. Uma principal questão delineou a investigação: Como ideias sobre o tempo influenciam performers em experimento de ação? Assim, procurei compreender as interferências temporais em corpos actantes, tendo como registro as reflexões dialógicas entre conceitos e atos, em processos concomitantes. Como objetivo da pesquisa, intencionei apreender uma compreensão mais profunda sobre a temática apresentada, assimilando as aplicações práticas em laboratório, sobre a qual esta investigação foi pavimentada – um tempo que constrói, instiga, promove e causa acontecimentos na ação elaborada. A pesquisa justifica-se em seu caráter pedagógico, tendo a pedagogia da experiência como viés ideológico; a apresentação se dá através de uma escrita performática, com sua poesia inspirada pela forma dramática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-12-2022

Como Citar

de Paula Macedo, A. S. (2022). Dando tempo ao tempo: experiências com o tempo na prática teatral pandêmica online. O Mosaico, (23), 413–444. Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/6970

Edição

Seção

SEÇÃO – ARTIGOS OUTROS TEMAS