Bertolt Brecht e palhaçaria: o riso para a construção de novas lógicas de mundo

Autores

  • Esdras Ariel Pascke de Assis UNESPAR — Universidade Estadual do Paraná
  • Diego Elias Baffi UNESPAR — Universidade Estadual do Paraná

Palavras-chave:

Bertolt Brecht; Palhaço; Riso Dialético.

Resumo

Este artigo reflexiona a concepção de Bertolt Brecht sobre a diversão e relevância disto para o seu teatro e, de uma nova perspectiva, examina-se a função que um determinado tipo de riso pode ter para o entendimento e a ação sobre a realidade, destacando-se aqui o riso encontrado na palhaçaria. Inicia-se esse trabalho partindo da análise do conceito de diversão para Brecht e da influência do palhaço alemão Karl Valentin sobre ele. Em seguida, analisam-se as referências bibliográficas e obras do palhaço argentino Chacovachi e do brasileiro Esio Magalhães, fazendo paralelos que aproximam esses palhaços dos objetivos que Brecht almejava com seu novo teatro e, ainda, apresenta indicativos para a construção de um teatro que gera um Riso Dialético, ou seja, um riso com reflexão que convoca a um posicionamento frente às injustiças e desigualdades sociais e que faz o público questionar a atual lógica econômica e social deste mundo capitalista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Esdras Ariel Pascke de Assis, UNESPAR — Universidade Estadual do Paraná

Bacharel em Artes Cênicas pela UNESPAR, ator, dramaturgo e produtor cultural, é fundador do grupo Trio Elétrico de Teatro e membro dos Bonobos da Corte. Além disso, é bacharel em Administração pela FESP/PR e gestor de projetos sociais. Currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/8669973261685800. E-mail: ariel.cwb2@gmail.com

Diego Elias Baffi, UNESPAR — Universidade Estadual do Paraná

Doutor em Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) com Estágio Doutoral na Universidade Livre de Bruxelas (ULB), Mestre em Artes e Bacharel em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Docente no Bacharelado em Artes Cênicas da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) campus Curitiba II (FAP). É pesquisador colaborador do GP Processos Criativos em Artes Cênicas (Unespar/CNPq) e coordenador da pesquisa “Arte e Espaço Público: uma discussão no meio da rua”. Fundador da quandonde, se dedica a reinvenção da cidade através de intervenções urbanas em arte, atuando como performer, palhaço e orientador de processos acadêmico-criativos na área. www.quandonde.com.br; diego_baffi@yahoo.com.br; lattes.cnpq.br/3332046032925772

Downloads

Publicado

15-12-2022

Como Citar

Pascke de Assis, E. A., & Baffi, D. E. (2022). Bertolt Brecht e palhaçaria: o riso para a construção de novas lógicas de mundo. O Mosaico, (23), 390–412. Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/6914

Edição

Seção

SEÇÃO – ARTIGOS OUTROS TEMAS