A Crí­tica Genética como possibilidade metodológica de investigação do processo de criação e comunicação em audiovisualidades

Autores

  • Luiz Rodolfo Annes

Resumo

Este artigo tem como objetivo realizar um estudo de Crí­tica Genética aplicado a um produto videográfico que faz convergir os campos das artes e das comunicações. O corpus da investigação analí­tica recai sobre o curta de animação The Last French Fried Potato (2004), de minha autoria. A obra audiovisual será discutida, aqui, por meio do seu percurso arqueológico criativo. Esse enfoque pretende mostrar a relevância dos arquivos do processo na investigação de produtos artí­sticos autorais. O emprego da metodologia de investigação pautada na ciência da Crí­tica Genética fundamenta-se nos aportes da pesquisadora brasileira Cecí­lia Almeida Salles.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Rodolfo Annes

Luiz Rodolfo Annes Bacharel em Pintura pela EMBAP, inicia já dentro da graduação sua produção de desenhos e textos que vão acompanhar toda sua carreira. Em 2001 participa da exposição "Os Dragões não conhecem o Paraí­so" no Centro Cultural São Paulo. Após participar de algumas individuais e coletiva até 2004 onde explora o desenho sobre papel discutindo questões em torno do corpo e sexualidade, do desenho e da escrita a partir de 2005 realiza mostras onde o desenho e suas pequenas narrativas expande-se para outros suportes como: animação, tapeçarias e desenhos feitos no corel draw. Mestre em Cinema e Artes Video na linha de pesquisa Processos de Criação, Unespar (2020).

Downloads

Publicado

30-05-2022

Como Citar

Annes, L. R. (2022). A Crí­tica Genética como possibilidade metodológica de investigação do processo de criação e comunicação em audiovisualidades. O Mosaico, (22). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/4601

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)