PROCESSO DE CRIAÇÃO/ EDIÇÃO: UM OLHAR SOBRE A VIDEODANÇA TRÊS LUAS

Autores

Resumo

O presente trabalho tem como tema o processo de criação/edição em videodança. Busco aqui articular referências práticas e conceituais através do relato do caminho percorrido na criação da videodança Três Luas, coreografada e editada por mim, em meio ao período de isolamento social, devido a pandemia de COVID-19, ocorrido no ano de 2020. Além disso, visa evidenciar alguns obstáculos superados no decorrer do processo criativo. Os autores que auxiliam nas reflexões e balizam o desenvolvimento do trabalho são: Barboza (2015); Brum (2012); Caminada (1999); Cerbino e Mendonça (2012); Gonçalves (2014); Pearlman (2012); Peres (2012); Santos (2016); Shultz (2011); Através do relato do processo de criação bem como as relações traçadas paralelamente com estes autores, organizei o presente estudo em três subtítulos: Tomada um: O curso de Dança-Licenciatura e os componentes Montagem de Espetáculo; Tomada dois: Serenade ao Luar, montagem em processo; Luz, Câmera, Ação: Composição/Edição na videodança Três Luas. A escrita deste estudo faz refletir o papel do editor, o qual aparece também como coreógrafo, retrabalhando, elementos fundamentais para uma composição coreográfica em videodança, tempo e espaço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Grégory de Souza Pinheiro, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Grégory de Souza Pinheiro- Licenciado em Dança pela Universidade Federal de Pelotas, mestrando em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Bailarino e professor de ballet clássico.

Downloads

Publicado

30-05-2022

Como Citar

Pinheiro, G. de S. (2022). PROCESSO DE CRIAÇÃO/ EDIÇÃO: UM OLHAR SOBRE A VIDEODANÇA TRÊS LUAS. O Mosaico, (22). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/4574