VÍDEOS MODÉLICOS, SALVAGUARDA ARQUEOLÓGICA DE APRENDIZAGEM PARA O ATOR: UMA ABORDAGEM DE CINEMATOGRAFIZAÇÃO ATORAL

Autores

  • Ricardo Di Carlo Ferreira Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) - Campus de Curitiba II (FAP)

Resumo

Neste artigo apresento uma possibilidade operativa das pedagogias do ator: a videografia de demonstração técnica de trabalho, surgida na transição dos séculos XIX e XX, entre os artistas-pedagogos do corpo cênico. Dessarte, eu proponho realizar uma análise reflexiva sobre a práxis da demonstração de trabalho no campo do ensino e do fazer artí­stico, congregada aos ví­deos modélicos (categoria videográfica que serve para instrução ou apresentação de trabalhos ou procedimentos técnicos performados por um ou mais artistas cênicos) de inextricável relevância histórica à formação de artistas da cena desde a sua insurgência. Nessa tessitura, coloco em foco as relações pedagógicas atorais, que passam a ser transversalizadas pela linguagem do ví­deo. Logo, articulo a problemática atoral de adaptação do trabalho do intérprete para o cinema, por meio de um experimento tangenciado pela epistemologia dos ví­deos modélicos, no qual investigo a hipótese da técnica atuacional da equivalência (de origem teatral), como meio de prover a adaptação da atuação desejada pela mise en scène realista – da desteatralização à cinematografização, um clássico problema da atorialidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Di Carlo Ferreira, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) - Campus de Curitiba II (FAP)

Mestre em Cinema e Artes do Ví­deo, pelo Programa de Pós-Graduação em Cinema e Artes do Ví­deo (PPG-CINEAV) da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) - Campus de Curitiba II/Faculdade de Artes do Paraná (FAP): Linha de pesquisa (1): Teorias e Discursos no Cinema e nas Artes do Ví­deo. Especialista em Metodologia do Ensino de Artes, pela UNINTER. Graduado em Teatro, também, pela UNESPAR. E-mail: ricodicarlo@gmail.com

Downloads

Publicado

30-05-2022

Como Citar

Ferreira, R. D. C. (2022). VÍDEOS MODÉLICOS, SALVAGUARDA ARQUEOLÓGICA DE APRENDIZAGEM PARA O ATOR: UMA ABORDAGEM DE CINEMATOGRAFIZAÇÃO ATORAL. O Mosaico, (22). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/4430