GERAÇÃO DAS MARCAS DAS CIDADES DO MINDELO E DA PRAIA – CABO VERDE: CONTRIBUTO PARA O TURISMO

Aguinaldo Amante da Rosa, Jorge Gonçalves, Bruno Barbosa Sousa

Resumo


O principal objetivo do presente trabalho consiste em discutir a influência da criação de marca-cidade para as principais cidades de Cabo Verde de forma a valorizar as cidades e proporcionar uma maior procura por parte dos turistas que passam pelo arquipélago. Como estudo exploratório, analisou-se a criação da marca-cidade das cidades Mindelo e Praia na perspetiva dos pressupostos do modelo proposto por Kavaratzis de forma a poder executar a criação das marcas para as cidades em causa. que relaciona a influência da identidade local com as intenções comportamentais em turismo por parte de residentes e turistas. Utilizando o modelo proposto com o objetivo de trabalhar as cidades como marca de forma a valorizar as suas riquezas e permitir a competição internacional dessas cidades no âmbito do turismo sustentável. Estudos futuros deverão desenvolver mais profundamente a criação das marcas como das logo marcas criando assim uma identidade no que toca a motivação, satisfação e lealdade, bem como discutir a identidade percecionada pelos turistas. O estudo constitui um instrumento de auxílio na criação e desenvolvimento de uma citybranding em contextos específicos de turismo, refletindo na maior ou menor competitividade entre destinos turísticos. Desenvolvimento da teoria em conjunturas próprias de turismo numa ótica de citybranding. Numa perspetiva interdisciplinar, este artigo apresenta uma visão teórica no desenvolvimento e gestão das marcas num contexto turístico.

Texto completo:

PDF

Referências


AMA - American Marketing Association. (2016). Retrieved 12 2016, from www.ama.org.

Andrade, Dénis, & Silva, Jorge. (2017). Contributos para uma estrutura de ordenamento da cidade-ilha de Mindelo-S. Vicente. GOT, Revista de Geografia e Ordenamento do Território, (11), 7-31. https://dx.doi.org/10.17127/got/2017.11.001

Anholt, S. (2005/8 /10): Places – identity, image and reputation?.1ª ed. PaulGrave Macmilion

Anholt, S. (2007), Competitive identity: The new brand management for countries, regions and cities, Basingstoke: Palgrave Macmillan

Ashworth G. J. e Kavaratzis, (2008) M. (eds.), Towards Effective Place Brand Management: Branding European Cities and Regions, Cheltenham, UK e Northampton, MA, USA:Edward Elgar, 1-14.

Carvalho,Débora (2012) –“gestão de marca país: o caso da marca Cabo Verde” Dissertação de Mestrado em Ciências Empresariais – Marketing, Universidade do Porto, 2012.

Cidrais, A. (2001): O marketing territorial aplicado às cidades médias portuguesas: os casos de Évora e Portalegre, Biblio 3W, Revista Bibliográfica de Geografia y Ciencias Sociais, Universidad de Barcelona, nº 306, disponível no site www.ub.es/geocrit/b3w-306.htm.

Correia de oliveira, S. (2015)- “Avaliação da marca na perspetiva dos visitantes e residentes:Estudo de caso - Viver Alcochete” Dissertação apresentada no Instituto Superior de Gestão para obtenção do Grau de Mestre em Gestão.

Kavaratzis, M. (2009), “Cities and their brands: Lessons from corporate branding”, Place Branding and Public Diplomacy, 5 (1), 26-37.

Kavaratzis, M. (2009b), “What can we learn from city marketing practice?”, European Spatial Research and Policy, 16 (1), 41-58.

Kavaratzis, M. e Ashworth, G. J. (2006), “City branding: An effective assertion of identity or a transitory marketing trick?”, Place Branding and Public Diplomacy, 2 (3), 183-194.

Kavaratzis, M.; Ashworth GJ, (2005) “City branding: an effective assertion of identity or a transitory marketing trick?” Tijdschrift Voor Economische en Sociale Geografie, 96, (5)506-514

Kavaratzis, M., & Kalandides, A. (2015). Rethinking the place brand: the interactive formation of place brands and the role of participatory place branding. Environment and Planning A, 47(6), 1368-1382.

Kotler, P. e Gertner, D. (2002), “Country as a brand, product and beyond: A place marketing and brand management perspective”, Journal of Brand Management, 9 (4-5), 249-261.

Kotler, P. et al (1999): Marketing places, Europe, London. Person education.

Kotler, P. et al (2002): Marketing asian places, Singapore, Jonh Wiley.

Kotler, P., & Gertner, D. (2002). Country as brand, product, and beyond: A place marketing and brand management perspective. Journal of Brand Management , Vol. 9, No. 4-5 , 249-261

Kotler, P., & Keller, K. (2006). Administração de Marketing, 12ª Ed. S.Paulo: Pearson Prentice Hall.

Kotler, P., Asplund, C., Rein, I. e Heider, D. (1999), Marketing Places Europe: Attracting Investments, Industries, Residents and Visitors to European Cities, Communities, Regions and Nations. Londres: Pearson Education.

Kotler, P., Getner, D., Rein, I., & Haider, D. (2006). Marketing de lugares : como conquistar crescimento de longo prazo na América Latina e no Caribe. (R. Bahar, Trans.) SP: Prentice Hall.

Marques Pereira, C. (2013) –“branding de cidades: o caso de santiago de compostela” dissertação do grau de mestre em gestão. ISEG, Setembro 2013.

Mirmoini, M., & Azari, A. (2018). Strategic City Branding; from Theory to Practice.

Oğuztimur, S. (2017). Modeling a City’s Branding Tools: The Case of Istanbul

Pais Nave ,Edgar Fernando(2009)-“Marketing de Lugares Avaliação e impacto da imagem da cidade da Covilhã” Dissertação do Grau de Mestre em Gestão de Marketing, Universidade Beira Interior,Covilhã, 2009.

Shocker, A.D., Srivastava, R.K. e Ruekert, R.W. (1994): Challenges and Opportunities facing Brand Management: an introduction to the special issue. Journal of Marketing Research, v.XXXI, May, p.149–158.

Videira,Paulo Henrique (2010) –“Gestão de marcas cidade o caso da marca Porto turismo” Tese de Mestrado em Marketing

Ward, S. V. (1998) “Selling Places - The marketing and promotion of towns and cities” 1850- 2000. London: Routledge

Pinto, Rui (2019) CIDADE DA PRAIA, a capital de Cabo Verde (ilha de Santiago) | Cabo Verde : Disponível em https://www.viajarentreviagens.pt/cabo-verde/praia-capital-cabo-verde/

Santos, M. (2009). Turismo em Cabo Verde: um estudo exploratório (Doctoral dissertation).

Sousa, B., Casais, B. & Pina, G. (2017). A influência da marca territorial na predisposição do consumidor turístico: O caso Cabo Verde. European Journal of Applied Business and Management, Special Issue, pp. 324-335, ISSN 2183-5594.

Yoon, Y. & Uysal, M. (2005). An examination of the effects of motivation and satisfaction on destination loyalty: A structural model. Tourism Management, 26(1), 45–56.

Yuksel, A., Yuksel, F., & Bilim, Y. (2010). Destination attachment: effects on customer satisfaction, cognitive, affective and conative loyalty. Tourism Management, 31, 274-284.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.