SOCIOECONOMIA TERRITORIAL DA COMUNIDADE SURDA NO LITORAL DO ESTADO DO PARANÁ - BRASIL

Dinair Iolanda da Silva Natal, Ednilson Assenção Luiz

Resumo


Este artigo busca compreender aspectos que envolvem a comunidade surda a partir do conceito de socioeconomia, perpassando pela compreensão de desenvolvimento territorial sustentável a partir de artigos cujos fundamentos dialogam entre si. Parte-se da ideia de que a comunidade surda local, busca incessantemente ser absorvidas enquanto parte de um mesmo território, de uma mesma economia, bem como enquanto atores do processo. Busca refletir, a partir dos fundamentos do desenvolvimento territorial, aspectos que envolvem os trabalhadores surdos do Litoral do Paraná em que são evidenciadas as relações dos arranjos produtivos e socioeconômicas, no meio profissional e no contexto da empregabilidade o qual é, ao mesmo tempo desigual e competitivo, na relação surdo ouvinte. Explicita-se que mesmo tendo formação escolar a níveis mais elevados isso não é considerado quando a concorrência ocorre entre surdos e ouvintes, nesse contexto é que se evidenciam limitações relacionadas à articulação da comunidade surda com a questão socioeconômica, contudo, em meio a esse processo é notável manejos de resistência dessa comunidade o que infere, também, nas relações sociais e, com isso consolidando o desenvolvimento da comunidade surda local.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.