FORMAÇÃO CONTINUADA E MODALIDADES DIDÁTICAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA

Patrícia Iatskiu, Rosane Regina de Mattos, Júlia Caroline Flissak, Noara Maria Kaap Fernandes, Camila Juraszeck Machado, Josimar Mariano Borrile

Resumo


A formação continuada de profissionais de educação é indispensável para uma boa prática pedagógica. Os professores de ciências e biologia necessitam de constante atualização e métodos didáticos variados. O objetivo desse trabalho foi investigar as percepções, características e concepções de docentes de ciências e biologia, participantes de um curso de capacitação continuada, quanto ao seu perfil profissional e o uso de modalidades didáticas. Os dados foram obtidos através de questionários com questões fechadas e analisados através de porcentagens. As análises demonstraram que as atividades de laboratório foram ditas como as mais significativas para o ensino-aprendizagem, comparadas com outras modalidades didáticas. Os professores enfatizaram também o desinteresse dos alunos e a falta de comprometimento com a qualidade da educação por parte dos órgãos públicos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.