Experiência na cidade e leitura da história: produção e circulação da história em Manguinhos, uma favela carioca.

Daniel Pinha Silva

Resumo


O artigo discute os desafios impostos à produção e difusão do conhecimento histórico em narrativas que tematizem a ação de sujeitos que vivenciam a experiência da cidade em uma condição específica, qual seja, a de moradores de favelas. Esta reflexão é impulsionada pela análise de um caso: o preparo e a circulação da exposição itinerante “Manguinhos: território em transe”, sobre a história da ocupação e das disputas sociais ocorridas na favela de Manguinhos, localizada na zona do Rio de Janeiro. Duas questões orientam esta reflexão: em que medida o contexto de experiência na favela, marcado pela condição hegemônica de negação a condições mínimas de cidadania afeta as narrativas históricas produzidas sobre territórios dessa natureza? De que modo esta relação com o território e a cidade moldam uma forma peculiar destes leitores compreenderem a história local, tornada pública naquela exposição?

 


Texto completo:

112-125

Referências


ALMEIDA. Juniele Rabêlo; ROVAI, Marta Gouveia de Oliveira (Orgs.). Introdução à História Pública. São Paulo: Letra e Voz, 2011.

BUENO, Leonardo Brasil. Território. Participação Popular e Saúde: Manguinhos em debate. Rio de Janeiro: ENSP/FIOCRUZ, 2010.

FERNANDES, T. M. ; COSTA, Renato Gama-Rosa . Histórias de Pessoas e Lugares: Memórias das comunidades de Manguinhos. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2009.

GONÇALVES, Marcia Almeida. “História local: o reconhecimento da identidade pelo caminho da insignificância.” In: Ana Maria Monteiro; Arlette Medeiros Gasparello; Marcelo de Souza Magalhães. (Org.). Ensino de história: sujeitos, saberes e práticas. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad X; Faperj, 2007, v. 1, p. 175-185.

PINHA, Daniel. “O lugar do tempo presente na aula de história: limites e possibilidades.” Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 9, n. 20, p. 99 ‐ 129. jan./abr. 2017. jan./abr. 2017.

SARLO, Beatriz. Tempo passado: cultura da memória e guinada subjetiva São Paulo: Companhia das Letras; Belo Horizonte: UFMG, 2007.

VALLADARES, Licia do Prado. A invenção da favela: do mito de origem à favela. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.