Formação continuada em educação a distância: ação e reflexão sobre as competências do professor tutor

Leandro da Silva Saggiomo, Luciana Martinez Duarte, Elaine Corrêa Pereira, Celiane Costa Machado

Resumo


A Educação a Distância é uma modalidade que vem se constituindo como uma nova possibilidade de alcance ao conhecimento, trazendo diversas alternativas na formação acadêmica e profissional dos sujeitos. A fim de qualificar o corpo docente que atua nos cursos oferecidos pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG, a Secretaria de Educação a Distância desenvolve ações pedagógicas e administrativas a fim de organizar os cursos desta modalidade além de promover diversas ações para promover a formação continuada em EaD. Inseridos neste contexto encontramos os Professores Tutores, responsáveis pelo desenvolvimento, acompanhamento e avaliação dos estudantes. Assim a presente pesquisa de cunho qualitativo tem como objetivo identificar as percepções dos Professores Tutores sobre as competências necessárias para o desenvolvimento da atividade da Tutoria. A mesma foi realizada com oito Professores Tutores, que atuaram em duas edições do curso de Administração modalidade EaD participando dos processos formativos por um período mínimo de cinco anos. Os dados foram produzidos através de entrevista semiestruturada e analisados pelo método denominado Discurso do Sujeito Coletivo proposto por LEFREVE e LEFREVE (2012). A partir das análises foi gerado o Discurso Coletivizado "Ser Tutor", o qual embasou algumas reflexões, demonstrando a apropriação dos sujeitos quanto a atuação na EaD.


Texto completo:

200-216

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. PORTARIA Nº 4.059, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2004. Dispõe sobre a regulamentação das atividades semi-presenciais. Disponível em: . Acesso em 01.04.2016

BRASIL. Ministério da Educação. RESOLUÇÃO CD/FNDE Nº 26, DE 5 DE JUNHO DE 2009. Estabelece orientações e diretrizes para o pagamento de bolsas de estudo e de pesquisa a participantes da preparação e execução dos cursos dos programas de formação superior, inicial e continuada no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), vinculado à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a serem pagas pelo FNDE a partir do exercício de 2009. Disponível em:http://www.uab.capes.gov.br/images/stories/downloads/legislacao/resolucao_fnde_n26.pdf. Acesso em 01.04.2016

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação a distância. Referências de qualidade para a Educação Superior a distância. Brasília, ago. 2007. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2015

BRUNO, Adriana Rocha; LEMGRUBER, Márcio Silveira. Dialética professor-tutor na educação on-line: o curso de Pedagogia UAB-UFJF em perspectiva. In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE HIPERTEXTO, 3. 2009, Belo Horizonte, MG. Anais... Recife,Universidade Federal de Pernambuco, 2009. Disponível em: .Acesso em: 2 jun. 2015

CORTES, S. M. V.. Técnicas de coleta e análise qualitativa dos dados. Cadernos de Sociologia, Porto Alegre, v. 9, p. 11-47, 1998

CUNHA, A. L. Interação verbal em fóruns de discussão: a língua escrita em atividades colaborativas. Disponível em < http://www.abed.org.br/congresso2007/tc/415200753049PM.pdf>.Acesso em 05.05.2016

CUNHA, S. L. S.. Reflexões sobre o EAD no Ensino de Física, Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v.28, n.2, p.151-153, 2006

EMERENCIANO, M. S. J.; SOUSA, C. A. L.; FREITAS, L. G.. Ser presença como Educador, professor e Tutor. In: Congresso Brasileiro de Educação a Distância, 8. 2001, Brasília. Anais... Brasília, Associação Brasileira de Educação a Distância, 2005. Disponível em: . Acesso em: 3 maio 2015.

LEFÈVRE, F.; LEFÈVRE, A. M. C.. Pesquisa de Representação Social: um enfoque qualiquantitativo a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Brasília: Liber Livro Editora, 2012. (Série Pesquisa, vol. 20).

MATTAR, J..Tutoria e interação em educação a distância. São Paulo: Cengage Learning, 2012. (Série Educação e Tecnologia)

MINAYO, M. C..O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 1998.

MONTEIRO, A. F.; MOURA, A. C. O. S. de M. et al.. Tutoria a distância: afetiva e efetiva. In: JELINEK, Karin R.; VANIEL, Berenice Vahl (Orgs.). Tutor/autor: experiências e saberes. Rio Grande: Editora da FURG, 2013.

MORAES, M. de.. A monitoria como serviço de apoio ao aluno na educação a distância. 2004. 229f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2015.

NEVES, C. E. B.; CORRÊA, M. B.. Apresentação. In: ____. (Orgs.). Pesquisa social empírica: métodos e técnicas. Porto Alegre, 1998, p. 8. (Cadernos de Sociologia).

NOVELLO, T. P.. Cooperar no enatuar de professores e tutores. 2011. Tese (Doutorado) - Programa Pós-Graduação em Educação Ambiental, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande.

OLIVEIRA, C.L. de A. P. Afetividade, aprendizagem e tutoria online. Disponivel em: . Acesso em: 12 set 2014

SAGGIOMO, L. da S. Percepções, sentidos e sentimentos do Professor Tutor na formação continuada em Educação a Distancia. 2016. Dissertação (mestrado) - Programa de Pós-Graduação de Educação em Ciência: Química da Vida e Saúde. Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande.

TARDIF, M.. Saberes docentes e formação profissional. 16. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

VILARINHO, L. R. G.; CABANAS, M. I. C.. Educação a Distância (EaD): o tutor na visão de tutores, Revista Educação, Santa Maria, v. 33, n. 3, p. 481-494, set/dez. 2008. Disponível em: . Acesso em: 19 mar. 2015.

WILLIAMS, R. L. Preciso saber se estou indo bem: uma história sobre a importância de dar e


Apontamentos

  • Não há apontamentos.