[1]
I. Vidal, M. Antunes, e J. Manzolli, “Três Movimentos Descontí­nuos de Rose Bob: o ultraconceitualismo na música dos anos 1960”, RV, vol. 9, nº 1, maio 2021.