Trocas entre arte contemporânea e "cultura popular" : Carlos Vergara e o Cacique de Ramos

Autores

  • Pedro Ernesto Freitas Lima Universidade Estadual do Paraná (Unespar)

Palavras-chave:

Arte contemporânea, "cultura popular", fotografia

Resumo

Resenha de: CASTRO, Maurí­cio Barros de. Carnaval-ritual: Carlos Vergara e Cacique de Ramos. 1. ed. Rio de Janeiro: Cobogó, 2021.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Ernesto Freitas Lima, Universidade Estadual do Paraná (Unespar)

Professor colaborador da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) no curso de Licenciatura em Artes Visuais (Faculdade de Artes do Paraná, Campus II de Curitiba), Doutor em Artes pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade de Brasí­lia (PPGAV / VIS / IdA / UnB) na linha Teoria e História da Arte (2020). Mestre pela mesma instituição e Programa (2016). Atua no Ensino e Pesquisa em Teoria e História da Arte com ênfase em arte contemporânea, história da arte, curadoria, exposições, a partir de perspectiva interdisciplinar com polí­ticas culturais, sociologia da arte, história da cultura e museologia. Já atuou como professor temporário na Universidade de Brasí­lia (UnB) (2016-2017). Lattes: http://lattes.cnpq.br/5379538202080398. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7580-8600. E-mail: ped.ernesto.din@gmail.com.

Referências

CASTRO, Maurí­cio Barros de. Carnaval-ritual: Carlos Vergara e Cacique de Ramos. 1. ed. Rio de Janeiro: Cobogó, 2021.

FOSTER, Hal. O artista como etnógrafo. In: FOSTER, Hal. O retorno do real. São Paulo: Cosac Naify, 2014. p. 159-186.

Downloads

Publicado

2022-06-28 — Atualizado em 2022-07-11

Versões

Edição

Seção

Resenhas