Intérpretes de dança e seus cadernos de criação

Autores

  • Maria Stella Agostini Basulto Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Juliana Martins Rodrigues de Moraes Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Resumo

Partindo de entrevistas realizadas com doze intérpretes de dança contemporânea sobre seus processos de adaptação ao transitarem entre diferentes grupos e processos criativos, neste ensaio abordo a utilização dos cadernos de criação por esses profissionais e o tipo de contribuição desses registros para suas atividades artí­sticas. Apresento relatos acerca de suas experiências com os cadernos de criação, compartilho a análise de dois diários de bordo de dois processos criativos, escritos e vivenciados por mim em 2019, e reúno alguns outros tipos de registro para a criação em dança, mencionados pelos intérpretes entrevistados. Este ensaio procura evidenciar a complexidade do processo criativo em dança a partir da perspectiva do intérprete, bem como a enorme diversidade dos assuntos e dos modos de organização presentes nos cadernos de criação dos intérpretes entrevistados e nos meus dois diários de bordo. Articulo a análise e reflexão com base na pesquisa de Cecí­lia Almeida Salles, Lucas Larcher, Maria Clara Martins Rocha e Jussara Braga Bastos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Stella Agostini Basulto, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Bacharela em Dança e Licenciada em Artes pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Aluna de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena, no Instituto de Artes da UNICAMP. Participa do Núcleo de Práticas Experimentais em Coreografia (NPEC). E-mail:agostini.maria@gmail.com

Downloads

Publicado

30-05-2022

Como Citar

Basulto, M. S. A., & Moraes, J. M. R. de. (2022). Intérpretes de dança e seus cadernos de criação. O Mosaico, (22). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/4612