A EXPERIÊNCIA DA DANÇA COMO CONVITE À EMANCIPAÇÃO: VIVÊNCIAS NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DO PROFESSOR ARTISTA

Autores

  • Pablo Vinícius de Lima

Resumo

Esta pesquisa configura-se como um artigo pautado nas experiências vividasdurante o Estágio Supervisionado Obrigatório do oitavo perí­odo do Curso de Bacharelado eLicenciatura em Dança da Universidade Estadual do Paraná, na tentativa de experimentara Dança como ação emancipatória e então refletir sobre possibilidades de promover outrosmodos de ser e estar como estudante, artista e futuro professor, buscando borrar fronteirasentre o espaço de aula e o fazer artí­stico. Esta escrita se tece na tensão entre perceberas brechas e negociar acordos entre a Dança e a Escola Pública na cidade de Curitiba,no Brasil de 2018. Assim, a atenção como artista e professor em constante processo deaprender e arriscar e o desejo de deslocar os modos de percepção de si e do outro e delógicas condicionadas no trato com o aprender, são impulsionadores à continuidade destapesquisa que se fez nutrida da experiência no Estágio Supervisionado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Lima, P. V. de. (2021). A EXPERIÊNCIA DA DANÇA COMO CONVITE À EMANCIPAÇÃO: VIVÊNCIAS NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DO PROFESSOR ARTISTA. O Mosaico, (20). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/4142