MULHERES DIRETORAS NO CINEMA LATINO-AMERICANO – A IMPORTÂNCIA DO MAPEAMENTO PARA A ELABORAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS INCLUSIVAS

Autores

  • Graziela Braz Camilo Unespar
  • Solange Straube Stecz Unespar

Resumo

O artigo apresenta uma análise comparativa entre os í­ndices de participação das mulheres como diretoras de filmes de longa-metragem no Brasil e no México, tendo como base, inicialmente, os anos de 2007 e 2017. A presente versão é uma atualização com os dados disponibilizados até junho de 2020. O objetivo do trabalho é discutir a importância do mapeamento das atividades do setor audiovisual e de uma categoria de análise que contemple a produção das realizadoras mulheres nos anuários estatí­sticos do mercado audiovisual. Os dados publicados pelo Brasil, através do Observatório do Cinema e do Audiovisual da Agência Nacional do Cinema, e pelo México, por seu Instituto de Cinematografí­a, evidenciam a desigualdade de gênero que persiste no cinema atual nos dois maiores paí­ses da região, sobretudo quando se trata de funções de liderança, como a direção cinematográfica. O estudo dialogou principalmente, com os preceitos de teoÌricas feministas como Teresa de Lauretis, acerca da noção de performatividade de geÌ‚nero; Laura Mulvey, para a discussão concernente ao olhar passivo/ativo no cinema; e bell hooks, que destaca a especificidade do olhar da mulher negra como espectadora, e na realização e criÌtica cinematograÌfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graziela Braz Camilo, Unespar

Estuda cinema na Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR (2020), onde desenvolve pesquisa em dramaturgia audiovisual e cinema latino-americano. Atua como roteirista, diretora, atriz e produtora. Graduada em Letras pela Universidade Federal de Roraima - UFRR (2010), com especialização em Literatura Brasileira e História Nacional pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR (2014).

http://lattes.cnpq.br/1111561253649085

Solange Straube Stecz, Unespar

Doutora em Educação pela UFSCAR. Mestre em História pela UFPR. Graduação em Jornalismo pela Pontifí­cia Universidade Católica do Paraná. Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Artes - PPGARTES Campus Curitiba II/FAP UNESPAR. Professora do Programa de Pós Graduação em Artes - PPGARTES Campus Curitiba II/FAP UNESPAR. Professora do Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual e do Curso de Especialização Latu Sensu em Cinema com ênfase em produção - UNESPAR Universidade Estadual do Paraná.

http://lattes.cnpq.br/6933734062626717

Downloads

Publicado

28-04-2021

Como Citar

Camilo, G. B., & Stecz, S. S. (2021). MULHERES DIRETORAS NO CINEMA LATINO-AMERICANO – A IMPORTÂNCIA DO MAPEAMENTO PARA A ELABORAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS INCLUSIVAS. O Mosaico, (20). Recuperado de https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/mosaico/article/view/3678

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)